quarta-feira, 12 de março de 2008

Acordo para venda online das músicas dos Beatles deve sair em breve

Paul McCartney está precisando de uma grana depois do tunga que levou da ex-mulher.

Quando se tornar disponível para compra na Internet, a discografia dos Beatles, avaliada em 260 milhões de euros, vai render um bom pé-de-meia a Paul McCartney e Ringo Starr, os dois membros do quarteto britânico ainda vivos, e aos herdeiros de John Lennon e George Harrison.

Pois o acordo entre a Apple Corps., empresa dos besouros responsável por seu catálogo, e a Apple Inc., proprietária do iTunes - loja em que as músicas devem ser vendidas - parece estar prestes a ser assinado, de acordo com o jornal The Evening Standard.

Ainda segundo o periódico, um empurrão extra foi o divórcio de McCartney de sua ex-esposa Heather Mills, que exigiu do beatle parte de suas economias – Mills pode receber de 30 a 40 milhões de libras, algo em torno de 140 milhões de reais, por quatro anos de casamento com McCartney, que rendeu ao casal uma filha.

As músicas e álbuns provenientes da carreira solo dos membros dos Beatles já está disponível no iTunes.

Nenhum comentário: