domingo, 16 de março de 2008

DANIELA MERCURY "O Canto da Cidade - 15 anos"

"Daniela Mercury - O Canto da Cidade - 15 anos" é uma homenagem (um pouco atrasada) à década e meia de carreira nacional da "menina baiana da vez" do começo dos anos 1990. Traz o CD "O Canto da Cidade", que lançou a cantora ao estrelato em 1992, em versão remasterizada em 2007, e um DVD com um show de Daniela no Rio feito para virar especial da TV Globo na época.

O CD é mais do que conhecido por quem viveu aquela década. Tem megahits do samba-reggae como "O Canto da Cidade", "Batuque", "O Mais Belo dos Belos (A Verdade do Ilê)" e "O Charme da Liberdade". Quem sobreviver aos versos "Salve a dor/Salvador/Salve a dor da América", de "Bandidos da América", vai ter a chance de conhecer ou relembrar o frevo "Monumento Vivo" (Moraes Moreira e Davi Moraes), "Rimas Irmãs" (Carlinhos Brown) ou "Só Pra Te Mostrar", do paralama Herbert Vianna, com participação do próprio.

O show que deu origem ao DVD aconteceu na praça da Apoteose, no Rio, e foi visto por cerca de 30 mil pessoas. No especial, ele é temperado por depoimentos de fãs, comentários da cantora e clipes de estúdio com participações especiais. Caetano Veloso vira ator (e não canta) em sua "Você Não Entende Nada", ambientada num cenário de novela baiana das oito. Daniela dá uma de Elis Regina num delicado duo com Tom Jobim em "Águas de Março". E Herbert Vianna participa do clipe de sua "Só Pra Te Mostrar", que também está no CD.

No show propriamente dito, há participações dos Meninos do Pelô, do compositor baiano Gerônimo (na clássica "É D'Oxum", dele e de Vevé Calazans) e do grupo Ilê Aiyê. Além de desfilar suas clássicas, Daniela paga tributo à musica baiana e ao pop brasileiro em geral ao cantar "Toda Menina Baiana" (de Gilberto Gil, de quem ela foi backing-vocal), duas de Dorival Caymmi, "Há Tempos" (Legião Urbana) e "Maluco Beleza" (Raul Seixas e Roberto).

Para completar o DVD, uma entrevista atual de Daniela, de quase 20 minutos, em que ela rememora os tempos de bailarina, de cantora de barzinho e seu surgimento no cenário nacional. Seu relato do show paulista no vão do Masp, que "parou" a avenida Paulista em pleno meio-dia, é saboroso. O produtor Manoel Poladian, o jornalista Nelson Motta e o diretor do especial global, Roberto Talma, também dão depoimentos atuais e curtos.

Enfim, o pacote de CD e DVD é uma boa chance para matar as saudades ou conhecer o começo de carreira da carismática cantora que, em suas próprias palavras, abriu as portas do sul do país para o gênero que, para o bem ou para o mal, ficaria conhecido como axé music.

Nenhum comentário: