quarta-feira, 30 de abril de 2008

Radiohead diz que não dará música de graça de novo

O vocalista do Radiohead, Thom Yorke, disse que a banda não repetirá a experiência de deixar os fãs pagarem o quanto quiserem pelos downloads de suas músicas, como fizeram em outubro do ano passado com o disco In Rainbows. A iniciativa foi um marco no mundo da música e fez tremer os executivos da indústria fonográfica.

"Acho que foi uma reposta para uma situação particular", disse Thom Yorke ao jornal americano The Hollywood Reporter.

"Tomamos essa decisão quando estávamos numa posição onde todo mundo nos perguntava o que iríamos fazer. Não acho que essa decisão teria a mesma significância se fosse tomada agora, se decidíssemos que daríamos nossas músicas de novo. Aquele foi o momento oportuno", explicou Yorke ao jornal.

A decisão de liberar o álbum inteiro para downloads - pagos ou não, dependendo da boa vontade do fã - foi tomada logo após a banda deixar sua antiga gravadora, a EMI.

Desde então, o Radiohead não falou muito sobre o sucesso da experiência, se houve ou não muitos fãs que pagaram pelos downloads. De qualquer forma, quando In Rainbows foi lançado no tradicional formato de CD o disco atingiu o pico das paradas americanas e inglesas.

Outros artistas fizeram distribuições similares após a iniciativa vanguardista do Radiohead.

Recentemente, a banda inglesa Coldplay liberou o download gratuito de seu novo single - Violet Hill, do próximo álbum Viva La Vida -, o que resultou numa queda de seu website devido à alta demanda.

Meses antes, a banda americana Nine Inch Nails passou por uma experiência bastante parecida ao lançar o álbum Ghosts I-IV.

Nenhum comentário: