sexta-feira, 16 de maio de 2008

Roberto Carlos acelera calhambeque em SP

O cantor Roberto Carlos pisou fundo no acelerador de seu calhambeque reformado na abertura do Salão de Acessórios nesta quarta-feira (14), no Expo Center Norte, em São Paulo. O 'rei' entrou no seu velho carro, que foi completamente restaurado por uma equipe de projetistas e mecânicos comandada pelo ex-piloto de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi, e chegou até a ligar o carro e pisar para que o ronco do motor V8 ecoasse no galpão de exposições.

O calhambeque é um Ford T 1929 com motor de Cadillac, que foi transformado pela equipe de 20 profissionais em um Hot Rod Roadster. "Fiquei deslumbrado quando vi como ele havia ficado. É incrível poder andar em um carro antigo com a velocidade e o desempenho de um novo", disse o rei. "Estou louco para acelerar essa máquina".

Durante a reforma, o calhambeque, que não via uma restauração desde 1978, ganhou, a pedido do rei, ar-condicionado, som potente e uma nova pintura azul. Rodas, motor, escapamento, estofado e funilaria também foram trocados durante o trabalho, que levou 70 dias.

Muitos fãs e curiosos cercaram o cantor. Fittipaldi também foi muito assediado. Ele é um dos organizadores do Salão de Acessórios, que este ano chega em sua quarta edição. O evento conta com 60 empresas de países como China, Taiwan, Estados Unidos e Coréia do Sul. "O Brasil tem um grande potencial no setor de autopeças e acessórios", destacou Fittipaldi.

O salão termina no domingo. Estão em exposição também cerca de 30 exemplares dos Hot Rods mais famosos e inusitados do Brasil. Entre os carros expostos, um Ford T-Bucket 1923, o carro mais antigo no Salão, um Ford Mercury 1951 que solta labaredas pelo escapamento e o inédito Ford 1929, feito em aço inoxidável.

Nenhum comentário: