sexta-feira, 4 de julho de 2008

Beatles em DVD: "Stuart Sutcliffe - O Beatle que foi esquecido" e "The Unseen Beatles"

Chegam às lojas dois documentários dos Beatles em DVDs para engordar a coleção dos fanáticos pelo quarteto. O primeiro é "Stuart Sutcliffe - O Beatle que foi esquecido". Como o próprio nome indica, o título conta a breve história do músico e artista plástico que acompanhou o quarteto britânico no começo de sua carreira, mas que é pouco lembrado quando se fala na banda. Amigo próximo de John Lennon, Sutcliffe foi baixista dos Beatles (Paul McCartney tocava guitarra na época) e deixou o grupo antes mesmo do lançamento de seu primeiro single, para se dedicar à arte e à sua então noiva, Astrid Kirchherr.

O documentário traz entrevistas com figuras importantes do começo da carreira da banda mais famosa do mundo, como, por exemplo, seu primeiro empresário e a própria Kirchherr, responsável por cortar o cabelo de Sutcliffe no estilo "mop top" que mais tarde viria a ser a marca registrada dos Beatles.

Já "The Unseen Beatles" é um documentário com imagens razoavelmente raras dos Fab Four em sua última turnê pelos Estados Unidos, em 1966. O DVD também mostra, ainda que superficialmente, os motivos pelos quais o quarteto abandonou os palcos no auge de sua carreira. Entrevistas com pessoas ligadas à banda na época contam fatos inusitados e mostram o lado mais humano dos quatro rapazes de Liverpool.

Entretanto, o documentário traz poucas preciosidades, especialmente para aqueles que já assistiram à caixa "Anthology". Também poderia ter um aprofundamento maior no tema a que se propõe, com mais informações sobre a última turnê do grupo, por exemplo.

Ambos os DVDs pecam pela falta de entrevistas com os próprios integrantes dos Beatles e pelas poucas imagens da época (mais fotográficas do que em movimento). Mas, se por um lado "Stuart Sutcliffe - O Beatle que foi esquecido" deve agradar tanto fãs fervorosos quanto os menos ligados no quarteto, "The Unseen Beatles" pode decepcionar aqueles que esperam algo totalmente novo. Ainda assim é uma boa pedida para os beatlemaníacos de plantão, sempre ansiosos na busca por novos detalhes da trajetória da banda.

Por: Flávio Seixlack - Uol

Nenhum comentário: