terça-feira, 22 de julho de 2008

Cansei de Ser Sexy parte de novo para o confronto em novo disco

Banda brasileira muda quase tudo em seu novo trabalho, "Donkey".
Donkey estará disponível para download legal e gratuito a partir do dia 25.


Embora marcado pelo clima festeiro e pela atmosfera debochada de suas músicas, o Cansei de Ser Sexy tem sido uma banda que se confronta com tudo e com todos desde o começo de carreira. Seja o turbulento show no Tim Festival de 2004, que deu início a uma relação não muito tranqüila com crítica e público brasileiros, ao sério desentendimento com o ex-empresário, a banda nunca colocou panos quentes para acomodar suas posições. A história já está se repetindo no novo "Donkey".

Massacrado pela imensa maioria da crítica inglesa (justamente a fiadora do sucesso internacional do primeiro álbum), "Donkey" extirpa quase todos os elementos que fizeram a fama do CSS. Não há nenhuma "Lindsay Lohan is partying hard" ou qualquer canção imaginária de referências ao mundo de celebridade atual, como era o hit "Meeting Paris Hilton". A tosqueira de antes foi substituída por uma produção bem-feita, profissional. O electro que se combinava tão bem com a pista dá lugar a um rock de guitarras da década de 90, de jeitão mais sério.

Seria ingenuidade imaginar que o baixista/baterista/produtor Adriano Cintra, o arquiteto da coisa toda, não estivesse consciente dos riscos que a banda estava correndo. E talvez seja justamente isso que faça o Cansei de Ser Sexy o que é essencialmente.

"Rat is dead (rage)", mensagem direta a um de seus desafetos, é um rock de guitarras que faz bom par com um vocal menos afetado de Lovefoxxx. O mesmo ocorre com "Give up", talvez a mais marcada pelos ecos dos anos 90. "Beautiful song" tem a ingenuidade dos primeiros tempos, mas (talvez por isso mesmo) não funciona.

"Donkey" não acabará como nenhuma obra-prima incompreendida, daquelas que são reabilitadas ao longo do tempo. Mas é um disco que mostra um CSS já disposto e buscar rapidamente seu caminho de reinvenção - e resulta surpreendentemente em mais acertos do que erros. O pulo do gato daqui para frente vai ser equilibrar a evolução particular (que com certeza fez bem) e a originalidade que chamou atenção para o quinteto, além da própria teimosia que também impulsiona a banda.

O Cansei de Ser Sexy irá disponibilizar seu novo disco, "Donkey", tanto para audição quanto para download gratuito e legal em sua página no MySpace e permitirá que ele seja baixado no Álbum Virtual, da gravadora Trama, a partir do próximo dia 25.

Fonte: G1

Nenhum comentário: