segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Shows de Madonna devem movimentar R$ 15,6 milhões só em turismo em SP

Estimativa foi feita pela SPTuris com base em números da organização.
Hotéis e restaurantes terão pacotes especiais para o período.

Vinte dias antes do início da venda dos ingressos em São Paulo, em Pernambuco, o casal Clara Ferreira, de 25 anos, e Frederic Araújo, de 29, já havia convertido suas milhas em passagens de ida e volta para a capital paulista. Em 16 de dezembro eles pretendem aterrissar no Aeroporto de Guarulhos para enfrentar uma “maratona” de dois dias até o momento em que a cantora Madonna subirá no palco armado no Morumbi para o primeiro show da turnê Sticky & Sweet em São Paulo, no dia 18 de dezembro.

“Sou fã dela desde os 10 anos, quando ganhei meu primeiro vinil”, afirma a pernambucana, diretora de arte. Clara diz que, embora a venda dos ingressos só comece em 3 de setembro, ela tem certeza de que conseguirá comprar pela internet o tíquete para pista VIP e vai, junto com o marido, assistir à diva bem de pertinho. “A gente está indo no dia 16 para poder se organizar. Vamos ver como vai ficar a cidade, se vai ter muito trânsito para chegar lá. Precisamos organizar como vai ser o revezamento na fila um dia antes do show, porque a gente quer ficar bem na frente do palco.”

Quem também começou a se preparar para o show da diva com bastante antecedência foi o designer André Fantini, de 34 anos. O pernambucano pretende comprar ingresso para a pista VIP. “Um amigo nosso tirou um cartão no banco só para a gente conseguir comprar o ingresso pela internet. Comprando a entrada, compro a passagem em seguida”, conta, afirmando que os preparativos correm no mesmo ritmo da sua ansiedade.

Fred, Clara e André fazem parte do grupo de 26 mil turistas, estimados pela São Paulo Turismo (SPTuris), que devem passar cerca de dois dias na capital paulista e movimentar R$ 15,6 milhões. O valor é quase 40% do montante gerado nos quatro dias de carnaval deste ano na cidade, de R$ 40 milhões. O número de turistas foi calculado com base no total de pessoas que irão assistir aos shows em São Paulo: 65 mil por noite, segundo a organização do evento.

Hotéis

Para receber todo esse público, vários setores de serviços já começaram a se mobilizar. “Ainda falta esse tempo todo e já estamos com pelo menos 30% do hotel reservado nesse período (18 a 20 de dezembro) só para Madonnna. Há várias reservas de Minas Gerais e do interior paulista. Esse show deve mexer com o faturamento de toda a rede”, conta Erivan Dantas de Oliveira, gerente dos hotéis San Rafael e San Michel, no Largo do Arouche, região central da cidade, que juntos têm 274 apartamentos.

No Morumbi, o Novotel já está com 40% dos seus 190 apartamentos reservados nesse período. O hotel, reinaugurado no ano passado, espera ficar lotado durante os shows.

De acordo com o diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), Bruno Omori, cada hotel deve, independentemente, “formatar pacotes diferenciados” para melhor atender seus clientes nesse período. “Mas todos devem oferecer algum tipo de complemento com uma série de outras atividades de turismo cultural, como galerias, museus e baladas”, disse.

A associação também deve criar um folder específico anunciando quais os hotéis que farão parte do “complexo do show da Madonna” e qual a programação deles. “O informe eletrônico deve ficar pronto no final de setembro no site. Do mesmo jeito que fizemos para o Centenário da Imigração”, conta Omori, acrescentando que a versão impressa deve começar a ser distribuída em novembro.

Restaurantes

Um folder da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) também será distribuído entre os hotéis da capital paulista. Cerca de 20 mil exemplares, com 80 páginas cada, serão impressos pela associação com uma relação de estabelecimentos com cardápio diferenciado. “Só distribuímos mais do que isso no período da Fórmula 1, quando são feitos cerca de 50 mil folderes”, afirma Joaquim Saraiva de Almeida, diretor da Abrasel em São Paulo.

“Na semana em que ela (Madonna) estiver aqui, vários restaurantes devem facilitar a apresentação das refeições, com indicação de entrada, prato principal e sobremesa por um valor fechado. Será algo nos moldes do restaurante week”, complementa, em referência ao evento realizado entre os dias 18 e 31 de agosto. Segundo ele, também é provável que os ambientes mais sofisticados ofereçam coquetéis de boas-vindas aos turistas fãs da rainha pop.

Baladas

E para aqueles que preferem gastar o tempo de forma bem mais animada, várias festas também serão organizadas no período para homenagear a cantora. Responsável pelo site madonnaonline, o designer Rafael Augusto informa que pelo menos cinco festas serão realizadas em grandes boates da capital para homenagear Madonna. “Serão, no mínimo, cinco festas. Duas delas no dia dos shows. Assim o pessoal sai do show e continua a comemorar na balada”, diz.

Segundo ele, a maior festa será no dia da última apresentação, 20 de dezembro. “A festa de encerramento será especial, temos que fazer um grand finale, mas não posso dizer quais serão as atrações.”

Fonte: G1

Nenhum comentário: