quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Idosa sueca torna-se 'rapper' de sucesso aos 93 anos

Para não cantar em uma festa natalina, ela disse que só sabia rap.
'Foi um erro, porque disseram sim', conta Greta Segerson.

Greta Segerson, uma sueca de Gotemburgo de 93 anos, conquistou a fama como "rapper" através de sua versão de uma antiga música de marinheiros, das apresentações em sua cidade natal e da divulgação de um vídeo no YouTube (clique aqui para assistir).

A carreira musical de Greta começou há dois anos, quando, para não se apresentar em uma festa natalina para aposentados, mentiu dizendo que só sabia cantar rap, pensando que sua proposta seria rejeitada.

"Foi um erro, porque disseram sim", disse nesta quinta-feira (13) ao jornal "Expressen". A idosa é autora de uma versão em ritmo de rap da música "Jolly Bob fran Aberdeen", clássico tema de marinheiros e o único de seu repertório.

Greta diz que nunca ouve hip-hop em casa, nem sequer se considera uma verdadeira rapper, mas isso não foi obstáculo para sua popularidade. A sueca, que se apresentou na inauguração de um asilo, em festas de aniversário e em uma recente cerimônia no Teatro Municipal de Gotemburgo, foi protagonista de artigos em vários jornais de tiragem nacional e de reportagens na televisão local.

O vídeo de Greta colocado no YouTube recebeu quase 30 mil visitas em apenas duas semanas. Apesar da fama e dos dotes de cantora e dançarina, a "rapper mais velha do mundo", como a imprensa sueca chama a idosa, pensa em se aposentar.

"Estou um pouco cansada e cheia de 'Jolly Bob'. Vou fazer 94 anos, portanto, é hora de parar. Na verdade, não acho que seja tão divertido estar sobre um palco, mas é claro que gosto que as pessoas fiquem felizes em me ver", reconhece.

Fonte: G1

Nenhum comentário: