sábado, 31 de janeiro de 2009

Festival de Verão: Nando Reis relembra época dos Titãs em Salvador



Nando Reis abriu a penúltima noite de shows do Festival de Verão de Salvador com uma apresentação marcado pela participação do público. O cantor entrou no palco conversando com a platéia. "Boa noite, Salvador. É um imenso prazer estar aqui e participar desse festival. Agradeço a todos por estarem aqui e espero que a gente possa dar a vocês aquilo que a gente tem: música".

O compositor trouxe um repertório marcado por canções alegres e saudosistas lembrando os tempos de Titãs com Os Cegos do Castelo. Segundo Sol, que ganhou destaque com a voz de Cássia Eller, foi outro destaque.

Durante um dos intervalos, o cantor homenageou Arnaldo Antunes, com a canção Não Vou e aproveitou a presença do público para falar um pouco do filme A vida parece uma festa, que conta a trajetória do grupo: "Eu acredito que ainda esteja em cartaz aqui e no resto do país o documentário do Branco Mello. Esse filme ainda representa o meu futuro e tem tudo a ver com a música que vou tocar".

Nando Reis foi o único que não esteve presente na estréia do filme. O ex-baixista do grupo e também vocalista, entretanto, contou detalhes do que sentiu ao ver a obra: "Me emocionei muito. Não só vivi isso ao longo desses 20 anos como fui um dos grandes incentivadores na idéia. Eu sei o quanto custou pra fazer isso e pra traduzir uma história de 26 anos em uma hora e meia", afirmou.

Ao término da apresentação, Nando Reis comentou sobre o trabalho de gravação de seu próximo álbum: "Estamos no meio da gravação do trabalho novo, que dever ser lançado em abril". O músico não entrou em detalhes com relação ao disco: "São musicas novas e teremos alguns convidados especiais", finalizou.

A terceira noite do Festival de Verão de Salvador segue nesta sexta-feira com as bandas Asa de Águia, Natiruts, Jammil e Encontro com Samba. A grande atração do evento fica por conta da canadense Alanis Morissete, que toca neste sábado.

Por Francisco de Assis
Fonte: Terra
Fotos: A Tarde Online

Asa de Águia incendeia o Festival de Verão



Em quase duas horas de show, o Asa de Águia "colocou fogo" na platéia do Festival de Verão, nesta sexta-feira. Como de costume, a apresentação começou com um passeio do vocalista Durval Lelys pelo palco a bordo de uma moto Harley-Davidson.

"Essa já é uma marca registrada do Festival. É só para tirar aquela onda com a galera", disse Durval. Com pouco papo e muita música, o grupo desfilou hits dos 20 anos de carreira do grupo. Sucessos mais antigos, como Com Amor e Dança da Manivela , e os atuais Simbora e Quebra Aê levaram mais de 50 mil pessoas ao delírio. "O show aqui no Festival é muito curto. Então, tem que ser pauleira", afirmou o cantor.

No repertório da banda também houve espaço para as apostas do Asa de Águia para o Verão 2009. O vocalista apresentou a música Kizomba, tema de seu novo personagem, Zombalino, o Rei da Kizomba (festa). "O bloco virá todo com este tema", antecipou. Ao contrário de anos anteriores, o Asa não deve receber convidados nos seus blocos.

O único momento em que o grupo saiu do seu repertório original foi quando tocou Cadê Dalila, gravada por Ivete Sangalo. "Vou retribuir a homenagem que ela fez para a gente quinta-feira quando cantou Bota pra Ferver".

Por Fabiane Madeira
Fonte: Terra
Fotos: A Tarde Online

Festival de Verão: Natiruts encerra turnê com show em Salvador



A apresentação do Natiruts na noite desta sexta-feira no Festival de Verão de Salvador marcou o último show dentro da turnê Reggae Power da banda antes do lançamento do novo álbum do grupo. Com um repertório de músicas conhecidas, sem nenhuma grande novidade, o Natiruts levantou a platéia e colocou os fãs para dançar ao melhor estilo do reggae suave, um tipo de som único, criado pelos músicos no fim dos anos 90 e que mistura um pouco das raízes da Jamaica mesclada com a criatividade brasileira.

Ao longo dos últimos dois anos, o Natiruts arrancou aplausos por onde passou. Rodou o Brasil de ponta a ponta e fez apresentações na Europa, Estados Unidos e América do Sul, com shows que agitaram as cidades de Madrid, Havaí e Buenos Aires.

Para o compositor, a apresentação realizada em Salvador teve mesmo um gostinho especial, sobretudo por ter sido realizada em um dos estados mais influentes da música brasileira. "É bem legal estar aqui, no meio de tantos artistas de peso¿. Alexandre falou das dificuldades enfrentadas para conquistar o público baiano. "É difícil crescer na Bahia. Aqui tem muita gente boa e as pessoas são mesmo muito exigentes. Não é qualquer um que consegue se destacar por aqui", acrescentou.

Para os fãs, fica agora a ansiedade para o lançamento do novo álbum do grupo. O Raça Man, que está em fase de finalização, deve chegar às lojas em abril. "É um disco bem variado. Estamos reunindo tudo o que aprendemos ao longo dos últimos 13 anos. O pessoal vai gostar", disse o líder da banda Alexandre Carlo.

Por Francisco de Assis
Fonte: Terra
Fotos: A Tarde Online

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Em 30 de janeiro de 1969, os Beatles se despediam como só eles sabiam fazer

Saudade. No dicionário Houaiss, sentimento mais ou menos melancólico de incompletude, ligado pela memória a situações de privação da presença de alguém ou de algo, de afastamento de um lugar ou de uma coisa, ou à ausência de certas experiências e determinados prazeres já vividos e considerados pela pessoa em causa como um bem desejável.

Hoje, 30 de janeiro, é o Dia da Saudade.

Nessa mesma data, mas 40 anos atrás, em 1969, em dia tipicamente londrino, com vento frio e um pouco de cinza no céu, a maior banda de todos os tempos se despedia dos "palcos".

No entanto, de uma forma que só eles poderiam pensar em fazer. John, Paul, George e Ringo subiram no telhado dos estúdios da Apple Records e lá permaneceram por 40 minutos. Logo que o primeiro riffe de guitarra foi tocado, uma multidão começou a se juntar em volta do telhado e embaixo, na Rua Saville Row. A polícia apareceu e acabou com a festa, apesar dos protestos de Mal Evans, assistente do grupo, que argumentou não se tratar de qualquer um que estava lá. Eram os Beatles, oras! A apresentação entrou para a história e foi incluída no filme Let it be (1971).

Pouco tempo depois, os Beatles encerravam as atividades. Não havia mais, em cada um deles, o espírito jovem, rebelde, alegre e unido, capaz de fazer com que subissem no telhado para tocar rock and roll.

Saudade, saudade.

Por Fernando Figueiredo Mello
Fonte: Igpop

Veja "Don't let me down" no show do telhado da Apple Records:


Ivete Sangalo é carregada por homens musculosos e usa microfone de ouro




Figurino de 'Dalila' é assinado pela estilista Patrícia Zuffa, de Nova York.
Ferragens dos instrumentos da banda também foram banhados a ouro.

Ivete Sangalo começou o show desta quinta-feira (29) carregada por quatro homens musculosos. Vestida de Dalila, personagem principal de sua mais nova música de trabalho “Cadê Dalila”, composta por Carlinhos Brown, ela levantou a galera na “cidade da música” com sua irreverência de sempre. Ela ainda surpreendeu a todos com um microfone e instrumentos da banda banhados a ouro.

Ela surgiu no palco com um vestido dourado. A peça foi confeccionada pela estilista Patrícia Zuffa, que chegou de Nova York horas antes do show para acertar os últimos detalhes da roupa de Ivete Sangalo. "É uma roupa com muito paetê e moedas. Tem muito brilho", disse a autora da peça.

Ivete é a única artista que se apresentou em todas as edições do Festival de Verão de Salvador. Ela completa 11 anos no evento. “Enquanto estiver no palco, Dalila estará encarnada em boas energias. Dalila é uma mulher muito positiva, cheia de luz e por isso estou vestida de dourado, da cor do sol”.

Sobre a entrada triunfal, Ivete disse que essa era uma surpresa para o público. “Preparei tudo com muito carinho. O povo merece. São 11 anos de festival e não poderia deixar de mostrar a gostosura que é participar disso tudo. Não sei o que vai ser desses meninos amanhã”, disse a cantora.

Ouro

Ivete também inovou nos instrumentos da banda. A aparelhagem usada no palco foi banhada a ouro, desde o microfone usado por ela até as ferragens da percussão e da bateria.

Ivete colocou no set list as músicas “Festa”, “Berimbau metalizado”, “Poeira” e “A galera”. Ela também apresentou o hit “Na base do beijo”, que faz parte de seu DVD “Pode entrar”.

A cantora incluiu releituras de “Não é proibido”, de Marisa Monte, “Burguesinha”, de Seu Jorge, e “País tropical”, de Jorge Benjor.

Por Glauco Araújo
Fonte: G1
Fotos: A Tarde Online

Festival de Verão: Crise mundial inspira apresentação de Jota Quest



Mais de 50 mil pessoas acompanharam o show do Jota Quest na abertura da segunda noite do Festival de Verão de Salvador. A banda tocou por mais de duas horas e reuniu em um repertório pesado um setlist com a mistura de clássicos antigos e canções novas que estão incluídas no último álbum do grupo, lançado no final do ano passado.

"Muito obrigado a todos vocês que chegaram mais cedo para ver a gente. É uma grande honra subir nesse palco e abrir à noite. Vai ser um show imperdível, em uma apresentação onde vamos prezar a qualidade", firmou o vocalista da banda mineira Rogério Flausino, enquanto se preparava para entrar no palco.

O Jota Quest não poupou energia e logo de cara emplacou algumas das principais músicas da banda, como Além do Horizonte, Na Moral, Dias Melhores e Planeta dos Macacos.

Os músicos de Belo Horizonte só diminuíram o ritmo depois de meia hora de show, quando o grupo resolveu dar uma trégua para a platéia e apresentou o novo hit do grupo.

"Esta canção que a gente vai tocar é uma novidade que a gente trás pra vocês. Se chama La Plata. Essa música fala sobre a crise de valores que estamos passando. Não apenas em dinheiro, mas em espírito também", disse o cantor Rogério Flausino.

A música ganhou destaque com os efeitos de luzes e iluminação. O telão exibiu imagens de gráficos econômicos e painéis de bolsas de valores. Rogério Flausino chamou a atenção com seu vestuário irônico.

O chapéu de couro preto combinou com a calça branca que vestiu durante todo o show. Descontraído, o cantor passou a imagem de um charlatão americano: "ele tem uma energia muito quente. A banda empolga mesmo", disse o empresário Adelmo Carvalho.

A parte final do show não deixou a desejar. A banda fechou sua apresentação no Festival de Verão com muita empolgação e arrancou aplausos de toda a platéia.

Ao término do show, a banda falou sobre o atual momento do grupo e experiência de abrir um show de Ivete Sangalo em plena capital baiana: "não é fácil entrar em Salvador e tocar no mesmo dia que a Ivete. São 50 mil pessoas que você tem que segurar", disse.

A experiência acabou falando mais alto diante da ansiedade que tomou conta do festival: "a gente se vê no auge da nossa criatividade e o Jota Quest é isso", completou.

Por Francisco de Assis
Fonte: Terra
Fotos: A Tarde Online

U2 e Rihanna estão entre os novos confirmados para shows no Grammy

Robert Plant também se apresentará, ao lado de Alison Krauss.
Cerimônia será realizada em Los Angeles no dia 8 de fevereiro.

O site oficial do Grammy, maior prêmio da indústria fonográfica norte-americana, divulgou nesta quinta-feira (29) em seu site oficial uma lista complementar de artistas que se apresentarão durante a premiação, no dia 8 de fevereiro, em Los Angeles.

U2, Rihanna, Robert Plant & Alison Krauss e Kid Rock se juntam à uma lista que inclui Radiohead, Katy Perry, Paul McCartney (com Dave Grohl, do Foo Fighters, na bateria), Jonas Brothers, Jennifer Hudson e Coldplay, entre outros.

Entre os apresentadores, estarão os atores Jack Black, Simon Baker, Samuel L. Jackson e a atriz Gwyneth Paltrow, além da cantora Duffy, do cantor Josh Groban e o jazzista Charlie Haden, entre outros.

O Coldplay é uma das bandas com maior número de indicações, concorrendo a sete troféus – perdendo apenas para o rapper Lil’ Wayne, que lidera a disputa com oito indicações no total.

Fonte: G1

Festival de Verão Salvador: Ana Carolina encerra show com "Elevador"



A cantora, compositora e multi-instrumentista mineira Ana Carolina encerrou há pouco sua participação na segunda noite da 11ª edição do Festival de Verão de Salvador, ocorrida nesta quinta-feira, 29, no Parque de Exposições da capital. A mineira, que trouxe um repertório recheado de sucessos de seus dez anos de carreira, encerrou o show com a canção "Elevador", cantada em coro com o público que lotava completamente a arena principal do festival.


Ana Carolina apresentou, na noite desta quinta, praticamente o mesmo repertório usado em seu trabalho Multishow Ao Vivo, com muitas músicas executadas, inclusive, na mesma sequência. A abertura ocorreu com uma mistura entre Fever, de Elvis Presley, e Cantinho, composição da mineira.

Por Guilherme Lopes
Fonte: A Tarde
Fotos: A Tarde Online

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Taking Back Sunday acusa NX Zero de plágio

Banda emo diz que “Daqui pra frente” parece música de álbum de 2006.
Produtor do NX Zero chama semelhanças de coincidência.

A banda norte-americana Taking Back Sunday acusou os brasileiros do grupo NX Zero de plágio em um chat transmitido por vídeo na internet. Segundo a banda, o NX Zero teria plagiado a sua música “MakeDamnSure”, do disco “Louder now”, de 2006, em “Daqui pra frente”, do disco “Agora”, lançado em 2008 pela banda brasileira. “Eles tiram o refrão e cantaram a música em português com a mesma melodia”, diz o grupo norte-americano.

Os integrantes do Taking Back Sunday disseram ter descoberto o suposto plágio por meio de um fã brasileiro chamado Maurício. O G1 procurou a assessoria de imprensa do NX Zero no fim da tarde desta quarta-feira (28), mas não conseguiu fazer contato com a banda.

Em uma nota divulgada no site “Zona Punk” nesta quarta, Rick Bonadio, produtor e empresário da banda, disse a possível semelhança entre as músicas é uma coincidência. “É inevitável que trechos das melodias pareçam uns com os outros em várias partes do mundo”, explicou.

Fonte: G1

Take That confirma volta de Robbie Williams

O músico britânico Mark Owen, um dos membros do grupo Take That, confirmou que a volta de Robbie Williams à banda não são apenas boatos, pois o cantor retomou uma "sólida" relação com os antigos companheiros.

"A volta de Robbie Williams ao Take That? Não, não são só boatos. Desde que voltamos como grupo, vimos Robbie algumas vezes, mas nos últimos seis meses nossa relação voltou a ser sólida", afirma Owen em entrevista exclusiva que será transmitida pela "MTV" amanhã.

Na entrevista, da qual foram antecipados trechos à imprensa italiana, Owen, que canta de novo com Gary Barlow, Jason Orange e Howard Donald no Take That, aborda, entre outros assuntos, a decisão de Williams de abandonar a banda antes da dissolução do grupo, em fevereiro de 1996.

O cantor britânico fala também sobre o início do grupo ao lado dos companheiros e da volta, em novembro de 2006, com o álbum "Beautiful World".

"Quando fomos a Los Anjos para mixar o álbum, passamos muito tempo com ele. Fomos à sua casa, ficamos em frente à casa e gritamos: 'Robbie, somos seus velhos amigos. Robbie, lembra da gente? E foi fantástico", conta Owen.

"Tivemos a oportunidade de conversar e rir muito, isto é o que me agradou mais: todas as risadas que demos. E foi fantástico, agora esta porta está aberta. Acho que sequer Robbie sabia como encarar nosso retorno, não tinha certeza de como tudo aconteceria", acrescenta.

Segundo Owen, Robbie Williams não sabia como reagir à volta do Take That, que, no final de 2008, lançou seu segundo álbum desta nova fase, "The Circus", mas, por fim, o popular cantor britânico "teve uma reação muito positiva".

Fonte: Agência EFE/Igpop

Chiclete com Banana fez o show mais animado da noite




Bell Marques e Cia. fizera a alegria do público presente na arena principal do Festival de Verão Salvador 2009. O Chiclete com Banana, terceira atração da primeira noite do festival, mostrou um show repleto de sucessos, que serviu como prévia para o lançamento de seu mais recente CD e DVD ao vivo, gravado em novembro de 2008 no Parque de Exposições de Salvador (mesmo local onde é realizado o festival).

O show do Chiclete foi o mais animado dentre as três atrações que iniciaram as apresentações. Antes da banda, que atraiu sua legião de chicleteiros apaixonados, se apresentaram Biquini Cavadão e Daniela Mercury.

Na sequência, será a vez de O Rappa e A Zorra realizarem suas apresentações.

BORORÓ VIVE - O sucesso de três carnavais passados, Bororó, da Banda Motumbá, continua vivo na memória e nos quadris dos baianos. A banda agitou na Concha Acústica do Festival (O Espaço Faculdade Maurício de Nassau). Apesar das tendas alternativas terem se esvaziado quando o show do Chiclete começou, na tenda onde o Bororó era cantado, não havia mais espaço para o público, de tão cheia.

Fonte: Guilherme Lopes, do A Tarde On Line*
*Com informações de Emanuella Sombra, Eduardo Vieira e Cláudia Lessa
Fotos: A Tarde Online

Biquini Cavadão abre a noite no Festival de Verão Salvador



A idéia de colocar nomes consagrados da música nacional para abrir a 11ª edição do Festival de Verão Salvador não conseguiu atrair o público esperado para a abertura do evento. Por volta das 19 horas, uma platéia muito pequena esperava a entrada do grupo paulista Biquini Cavadão . O vocalista Bruno Gouveia e seus colegas só entraram no Palco Principal do evento depois das 20 horas, para um público mais numeroso, mas longe de lotar a arena mais badalada da festa. Bruno começou ao som de Exagerado, composição de Cazuza, parte integrante do repertório do DVD Biquini Cavadão - 80 - Volume 2: Ao Vivo No Circo Voador. O set list da banda passeou por grandes sucessos, como Vento Ventania, e canções do último trabalho, que fez um resgate de hits do rock da década de 80.

A apresentação contou com participações especiais via telão. Tico Santa Cruz, vocalista do grupo Detonautas, fez coro com Bruno em Índios, da Legião Urbana, e Claudia Leitte, ausente do festival deste ano devido ao nascimento do filho Davi, foi a próxima parceria, na faixa Romance Ideal, do Paralamas do Sucesso.

Na sequência, foi a vez de Daniela Mercury subir ao palco para apresentar um show afro-eletrônico, com a participação especial do Balé Folclórico da Bahia, para um público maior. A cantora entrou ao som de Milagres do Povo, de Caetano Veloso, e trouxe sucessos aliados a canções novas, como Sol do Sul e Oyá por Nós. O show contou com a presença de Margareth Menezes .

O palco principal contou com qualidade no som, mas os grandes telões laterais deixaram a desejar. As imagens eram exibidas ora com delay, ora em preto e branco, dificultando a visibilidade do público que estava mais distante do palco. Ainda se apresentaram na noite de abertura Chiclete com Banana , O Rappa e o grupo de axé A Zorra. Os shows do Chiclete e do Rappa, que fez o show com base no novo CD Sete Vezes, atrairam bastante público, sendo os mais concorridos da primeira noite.

Nesta quinta, 29, é a vez de Jota Quest abrir o festival, seguido por Ana Carolina, Ivete Sangalo, Eva e Encontro do Forró, com Cavalo Doido, Adelmário Coelho, Cavaleiros do Forró, Estakazero, Flávio José, Magníficos e Saia Rodada.

Fonte: Eduardo Vieira, do A TARDE
Fotos: A Tarde Online

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Festival de Verão Salvador tem início nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira, 28, a partir das 19 horas, o cenário do Parque de Exposições vai ser bem diferente deste acima. No lugar do escuro e da tranquilidade do Palco 2009, nos últimos dias, muita luminosidade e som com potência de mais de 80 mil watts para cerca de 50 mil pessoas por noite. Desta quarta até sábado, 31, acontece a 11ª edição do Festival de Verão Salvador, ou a 1ª dos próximos dez anos, como os organizadores preferem chamar o evento em 2009.

“O festival fechou um ciclo de dez anos e abre um novo. Trata-se de um evento de público jovem. Cerca de 70% ficam na faixa de 14 a 24 anos. Nós usamos essa nomenclatura para ficar mais jovem ainda”, diz Carlos Freitas, gerente da Icontent, empresa que organiza o festival.

Para a noite de abertura, assim como nos outros dias, artistas diversos, que reforçam a tônica do festival: dialogar com as mais diversas tribos. No Palco 2009, se apresentam Biquini Cavadão, Daniela Mercury, Chiclete com Banana, O Rappa e A Zorra. No espaço chamado de Boteco do Samba, acontecem shows de Alrindo Cruz, Mariene de Castro, Aquarela do Samba e Grupo Movimento.


Já na Arena Faculdade Maurício de Nassau, antigo Palco Tendências, o público confere EME XXI, Gerônimo, Motumbá, Ara Ketu e Afro Batá. E o forró toma conta da Arena Conta Universitária Bradesco, com as apresentações de Adelmário Coelho, Flávio José, Cavaleiros do Forró e Estakazero.

O festival também abre espaço para a música eletrônica com espaços destinados exclusivamente às pick-ups. Neste universo de palcos e música, a principal novidade aparece com a Arena Faculdade Maurício de Nassau, apelidada de Concha do Festival, que vai possibilitar o diálogo direto do público com os artistas que se apresentam por lá.

Outro destaque é o retorno da feira intitulada de Mercado Mundo Mix. “Ele volta, depois de sete anos, com mais tendências de moda, tatuadores, acessórios transados e diferenciados, com 40 lojistas do eixo Rio/São Paulo e Salvador”, diz Carlos Freitas.


Atrações – Mesmo com shows espalhados por toda a área do Parque de Exposições, é o Palco 2009 que mais desperta a atenção. Festejada por alguns e criticada por outros, a grade de atrações é calculada não somente de olho no investimento feito de R$ 8 milhões, como na audiência dos programas que vão ao ar ao vivo na Rede Globo, de hoje até sexta após o Jornal da Globo, e no sábado depois do Altas Horas.


“Neste ano, houve um investimento numa pesquisa muito profissional, feita por um instituto de São Paulo. Eles fizeram um trabalho em junho, em Salvador, com 15 entrevistadores e 650 relatórios. Desse material, o que conseguimos peneirar é que o público pede menos axé, porque axé ele já vai ver no Carnaval, 20 dias depois, e pede mais artistas nacionais”, revela Carlos.

Segundo ele, os nomes nacionais se repetem a cada ano, na grade, por falta de novidade no cenário musical. “O que tem de pop rock novo? Nada. Você tem O Rappa, NX Zero, Capital Inicial, Skank, Jota Quest. Estamos com metade dessas atrações. A gente trouxe o que o público pediu. Estamos vendo isso na venda de ingressos, que está 20% acima do que no ano passado, mesmo em um ano de crise”, diz.


No palco 2009, uma das principais mudanças está na duração dos shows. Com cinco apresentações por noite, o tempo de cada artista foi prolongado para cerca de uma hora e 15 minutos. O público também confere shows de nomes bem conhecidos, logo no início de cada noite, neste ano, fato incomum nas edições anteriores. Biquini Cavadão, Jota Quest, Nando Reis e Olodum ficaram responsáveis pelas aberturas da festa.

A novidade é vista com certa cautela pelo vocalista Bruno Gouveia, da Biquini Cavadão. “A nossa preocupação é frisar para o nosso público que o festival é organizado e não comporta atrasos. Os fãs do Biquini não vão se arrepender de sair um pouco mais cedo de casa do que o de costume. Todo artista gosta de se apresentar mais tarde. Mas participar do festival já é muito bom”, diz Bruno, em entrevista por telefone.


O grupo paulista mostra show com repertório baseado no novo projetoBiquini Cavadão – 80 – Vol. 2, com canções de sucesso da década de 80 de outros grupos, sem deixar de fora as músicas de mais de 20 anos de carreira, como Janaína e Zé Ninguém. “Não é um show saudosista. Muitas destas canções que regravamos têm letras que podem falar de coisas que acontecem agora”, diz Bruno.

Festival de Verão de Salvador De 28 a 31 de Janeiro Parque de Exposições de Salvador

Palco Principal


Quarta, 28: Daniela Mercury, Chiclete com Banana, Biquini Cavadão, O Rappa, O Zorra

Quinta, 29:
Ivete Sangalo, Jota Quest, Ana Carolina, Eva


Sexta, 30:
Jammil, Natiruts, Asa de Águi, Nando Reis


Sábado, 31:
Alanis Morissette, Capital Inicial, Olodum, Victor & Léo, Psirico


Ingressos:


Passaporte Pista Inteira: R$ 186,00 Pista Meia: R$ 93,00 Camarote Pepsi: R$ 234,00 Camarote Seda: R$ 426,00

Individual Pista Inteira: R$ 60,00 Pista Meia: R$ 30,00 Camarote Pepsi: R$ 70,00 Camarote Seda: R$ 120,00

Por Eduardo Vieira
Fonte: Jornal A Tarde

Lançamento CD Take That - "The Circus"

Depois de um bem-sucedido retorno com "Beautiful World" (2006), o Take That lança o segundo disco após a volta do grupo, que ficou estagnado entre 1996 e 2005. "The Circus", que continua sem Robbie Williams, vem embalado pelo gigantesco número de vendas: um milhão de cópias em apenas uma semana.

O grupo entrega aos fãs um disco romântico, cheio de canções pop perfeitas e otimistas. Gary Barlow continua liderando os vocais na maioria das faixas, mas os colegas da boy band --beirando os 40 anos de idade-- Howard Donald, Jason Orange e Mark Owen também garantem sua participação com o microfone nas mãos.

"The Circus" --coincidentemente lançado no mesmo dia de "Circus", de Britney Spears-- é cheio de clichês, cordas e grande produção, assinada por John Shanks. O disco abre com "The Garden", música que poderia entrar facilmente na trilha sonora de um desenho da Disney. Na sequência está "Greatest Day", o primeiro single do álbum, que estreou no topo da parada britânica.

Há bons momentos, como "Hello" e sua melodia que lembra composições do cantor e pianista Ben Folds --mas os vocais de Mark Owen soam como a voz de Daniel Johns (Silverchair e The Dissociatives). Em "Julie", a banda mostra que quer voltar a conquistar corações com baladas. E não deixe de ouvir a faixa escondida em "Hold Up A Light".

Mas também há momentos que se pode evitar. "How Did It Come to This", escrita por Jason Orange, tem jeito de sobra de Coldplay e fala sobre uma mocinha obsessivo-compulsiva e esquizofrênica de Camdem, bairro do norte de Londres (onde Amy Winehouse cresceu). No fim, as baladas mais lentas e açucaradas, como a lamentação de Howard Donald em "What Is Love" ou "You", parecem deslocadas no disco.

As perspectivas comerciais do novo álbum são nítidas pela sofisticação e o cuidado na produção, mas falta um polimento nos arranjos e na escolha do repertório. Como sugere a capa do disco, o Take That ainda tenta encontrar equilíbrio em sua ressurreição.

Por Mariana Tramontina
Fonte: Uol

Piauí faz seletiva de bandas para show da Alanis Morissette

Com a exigência de ter no camarim chocolates, quartos que não sejam voltados para edifícios e brinquedos para os seus dois cachorros chiuaua, a cantora Alanis Morissette, desembarcou em Teresina, no Piauí, na terça-feira (27), às 15h10min, para o terceiro show de sua turnê pelo País.

No Estado, a organização do evento fez uma seletiva com bandas locais para a abertura da turnê do novo álbum, Flavors of Entanglement. Foram mais de 60 bandas inscritas para apenas 48 vagas. A eliminatória ocorreu por três finais de semana em vários bairros de Teresina. No final, três grupos foram eleitos através de votação. A Papanicolau, Radiofônicos e PI-086, bandas pop rock piauienses que tocam Beatles e músicas autorais, foram selecionadas para tocar no Atlantic City Club, nesta quarta-feira (28), antes e depois do show.

Ainda se inscreveram as bandas Michaelboyzband, de São Luís/MA, Hysteria/RJ, Santo Graal/SP, e Ambiense/MG. Eles bem que tentaram, mas a organização deu prioridade para as atrações locais.

"A proposta é de valorizar o trabalho das bandas locais. Só uma atração internacional como Alanis atrai tanto público, que uma banda sozinha do Piauí não conseguiria. Há muita produção local e a população às vezes desconhece", afirmou Marcus Peixoto, um dos organizadores do evento no Piauí.

A pedido da produção da cantora, a organização do Piauí enviou sugestão de roteiro turísticos para visitação da pop star. Após dar comida para botos e visitar índios na Amazônia, Alanis poderá conhecer as olarias no bairro Poty Velho.

No local, o destaque é o artesanato produzido por mais de 100 famílias pobres. A atividade dos ceramistas do Poti é à base da economia na zona norte. Centenas de famílias vivem de fazer potes, filtros, tijolos ou objetos utilitários que ganharam fácil o gosto dos turistas e visitantes.

Alanis foi recepcionada no saguão do aeroporto Petrônio Portela. De lá, com batedores da Polícia Militar, ela seguiu para o Metropolitan Hotel. A segurança foi reforçada e previsão do início do show é para as 23h30. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 70,00 (meia) e R$ 140,00 (inteira). Quem quer ficar em área vip terá que pagar mais caro, o preço é R$ 150,00.

Por Yala Sena - Direto de Teresina
Fonte: Terra

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Livro conta bastidores da banda Blitz

Apresentador do Programa Vitrine, da TV Cultura, Rodrigo Rodrigues conta a história do grupo Blitz no livro As aventuras da Blitz, com depoimentos, fotos e informações de bastidores, desde a primeira formação da banda até o último CD, gravado em 2007.

Evandro Mesquita, Fernanda Abreu e Lobão, para citar apenas alguns dos músicos que fizeram parte do grupo, influenciaram jovens de todo o Brasil com suas atitudes, roupas e brincadeiras.

Os shows eram inesquecíveis, como afirma Patrycia Travassos na apresentação do livro: "o disco era bom, mas o show era um espetáculo".

A mistura de bom humor, música e teatro, os desentendimentos entre os integrantes da banda, desde a saída de Lobão - responsável pela escolha do nome Blitz - até o fim do grupo em 1986, e seu esperado retorno oito anos depois, estão nas 304 páginas de As aventuras da Blitz.

Fonte: JB Online/Terra

A-Ha vai fazer dois shows no Brasil em março

Banda norueguesa toca em São Paulo no dia 25/03 e no Rio de Janeiro dia 26/03

A banda norueguesa A-Ha vai se apresentar no Brasil em março. O grupo tem dois shows agendados no país, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Na capital paulista, a apresentação será no dia 25/03, no Credicard Hall. No Rio, o show será no dia 26/03, no Citibank Hall. Os preços ainda não foram divulgados.

A pré-venda de ingressos começa no dia 07 de fevereiro, apenas para clientes do Citibank. A venda para o público em geral começa no dia 14 de fevereiro.

Fonte: Igpop

Ana Carolina é estreante no Festival de Verão


Faltando menos de um mês para o início do Carnaval, Salvador já está prestes a entrar em clima de festa. Mas, ao contrário do que muitos possam imaginar, não se trata da folia de Momo. Nesta quarta-feira começa o tradicional Festival de Verão de Salvador.

Dentre figurinhas fáceis de achar no palco do evento anual, como Capital Inicial, O Rappa e Jota Quest, uma estreante: Ana Carolina. A cantora pisará o palco do festival pela primeira vez, nesta sexta, com canções de seu último trabalho, Multishow ao Vivo - Ana Carolina Dois Quartos.

Além da mineira, está confirmadíssima a apresentação de Alanis Morissette, no sábado. Aliás, a canadenese já está no Brasil.

Fonte: JB Online/Terra

Jonas Brothers são indicados a pior banda do ano

Foram anunciados esta semana os indicados ao prêmio NME, organizado pelo semanário britânico. Oasis é o campeão de indicações este ano, concorrendo em sete categorias. Já os Jonas Brothers são os destaques nas piores categorias: eles foram indicados a pior banda e pior disco do ano.

Os irmãos Gallagher concorrem como melhor banda britânica, melhor banda ao vivo, melhor álbum com Dig Out Your Soul e também aparecem na categoria pior banda.

O Radiohead recebeu quatro indicações empatando com o Killers. A banda de Las Vegas, contundo, rendeu outras três lembranças para seu vocalista, Brandon Flowers: ele é indicado a mais bem vestido, mais mal vestido e herói do ano.

Amy Winehouse ganhou indicações como vilã do ano e mais mal vestida. O Coldplay, líder de indicações no Grammy, só aparece entre os piores discos do ano disputando a estatueta com Britney Spears.

Confira a lista completa de indicados:

Melhor Banda Britânica
Oasis
Bloc Party
Radiohead
Muse
Last Shadow Puppets

Melhor Banda Internacional
Kings of Leon
The Killers
MGMT
Vampire Weekend
Crystal Castles

Melhor Artista Solo
Ladyhawke
Jay-Z
Laura Marling
Lightspeed Champion
Pete Doherty

Melhor Banda Nova
Vampire Weekend
MGMT
Glasvegas
Late Of The Pier
White Lies

Melhor Banda Ao Vivo
Radiohead
Oasis
The Killers
Muse
Kings Of Leon

Melhor Álbum
Kings Of Leon
The Killers
Glasvegas
Oasis
Bloc Party

Melhor Música
Vampire Weekend - "A-Punk"
The Last Shadow Puppets - "Age Of The Understatement"
Kings of Leon - "Sex On Fire"
The Ting Tings - "That's Not My Name"
MGMT - "Time To Pretend"

Melhor Vídeo
Late Of The Pier - "Heartbeat"
Last Shadow Puppets - "My Mistakes Were Made For You"
Radiohead - "House of Cards"
Vampire Weekend - "A-Punk"
Oasis - "Shock Of The Lightening"

Melhor Evento Ao Vivo
T in the Park
Glastonbury
Isle Of Wight Festival
Reading and Leeds
V Festival

Melhor Programa de TV
Skins
Mighty Boosh
Gavin & Stacey
Nevermind the Buzzcocks
IT Crowd

Melhor Filme
"Quantum of Solace"
"Wall-E"
"Dark Knight"
"Twilight"
"Juno"

Melhor música para pista de dança
Bloc Party - "Mercury"
Dizzee Rascal & Calvin Harris - "Dance Wiv Me"
Crystal Castles - "Courtship Dating"
Friendly Fires - "Paris"
Late Of The Pier - "Bathroom Gurgle"

Melhor DVD
Foo Fighters Live At Wembley
Rolling Stones - Shine A Light
Kaiser Chiefs - Live From Elland Road
Arctic Monkeys At The Apollo
Muse - HAARP

Herói do Ano
Brandon Flowers
Noel Gallagher
Barack Obama
Noel Fielding
Alex Turner

Vilão do Ano
Amy Winehouse
George Bush
Pete Doherty
John McCain
Gordon Brown

Mais Bem Vestido
Brandon Flowers
Noel Fielding
Alexa Chung
Alex Turner
Noel Gallagher

Mais Mal Vestido
Amy Winehouse
Pete Doherty
Katy Perry
Brandon Flowers
Johnny Borrell

Pior Álbum
The Jonas Brothers - A Little Bit Longer
Coldplay - Viva La Vida
Britney Spears - Circus
Scouting For Girls - Scouting For Girls
Razorlight - Slipway Fires

Pior Banda
Tokio Hotel
Jonas Brothers
Scouting for Girls
Fall Out Boy
Oasis

Homem Mais Sexy
Carl Barat
Keith Murray
Matt Bellamy
Pete Doherty
Miles Kane

Mulher Mais Sexy
Hayley Williams
Kate Jackson
Alison Mosshart
Lykke Li
Stephanie Dosen

Melhor Website
Facebook
YouTube
Last FM
Myspace
Bebo

Melhor espaço para shows
o2 Arena
London Astoria
Glasgow Barrowlands
Brixton Academy
Manchester Academy

Melhor Capa
We Are Scientists – Brian Thrust Mastery
Muse – Haarp
The Cure – 4:13 Dream
Guillemots – Red
The Killers – Day & Age

Melhor Blog de Banda
Noel Gallagher / Oasis
Little boots
Lightspeed Champion
Radiohead
Foals

Fonte: Igpop

Oasis escolhe próximo single de novo álbum

O Oasis confirmou que o próximo single que será lançado, extraído do álbum Dig Out Your Soul, será Falling Down.

A faixa, a terceira retirada do disco, será lançada digitalmente no dia 8 de março e fisicamente, em CD e vinil, no dia seguinte. A banda pretende lançar um videoclipe da canção na próxima semana.

Conforme reportagem da revista inglesa NME, Noel Gallagher pediu ao músico Gaz Cobain, do grupo The Amorphous Androgynous, que fizesse uma remixagem da canção. A faixa já havia ganhado uma versão que aparece no lado B do single The Shock of Lightning.

Fonte: JB Online/Terra

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Bruce Springsteen pretende relançar álbum de 1978

Cantor Bruce Springsteen pretende relançar álbum clássico de 1978 remasterizado

O músico norte-americano Bruce Springsteen pretende lançar uma nova edição remasterizada do disco Darkness on the Edge of Town, de 1978.

A ideia é repetir o que foi feito com o álbum Born To Run em seu 30º aniversário, envolvendo além da remasterização um documentário sobre a produção do trabalho e gravações ao vivo daquele período.

De acordo com o empresário do músico, o principal empecilho para o lançamento do novo Darkness on the Edge of Town é a agenda de Springsteen. Com o lançamento de seu próximo disco, Working on a Dream, o roqueiro já tem programadas uma apresentação no Super Bowl, uma série de shows na Europa e o início de sua turnê nos Estados Unidos.

Fonte: Igpop

Jair Rodrigues celebra 50 anos de carreira com DVD

Show terá participação de Chitãozinho e Xororó, Alcione, Pedro Mariano, Simoninha e Jorge Aragão

Jair Rodrigues marcou para o início de fevereiro a gravação de um DVD ao vivo. O lançamento irá comemorar os seus 50 anos de carreira e 70 anos de vida e terá uma longa lista de convidades especiais.

O show, batizado "Festa Para um Rei Negro", será realizado no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, dias 6 e 7 de fevereiro. Os ingressos para a apresentação custam R$ 30.

O primeiro show terá participações de Chitãozinho e Xororó, Alcione, Pedro Mariano, Simoninha, Rappin' Hood, Jorge Aragão, Max de Castro e dos filhos Jair Oliveira e Luciana Mello. Na segunda apresentação, Jair Rodrigues reina sozinho no palco apoiado por sua banda.

Fonte: Igpop

sábado, 24 de janeiro de 2009

Ivete Sangalo mostra prévia do Carnaval no Festival de Verão


Única cantora que se apresentou em todas as edições do tradicional Festival de Verão, Ivete Sangalo dará uma prévia do que virá no Carnaval 2009 e promete mostrar novidades nesta edição do evento.

Lançando sua nova música de trabalho, chamada Cadê Dalila?, tudo indica que a história de Sansão e Dalila deve ser o tema principal da apresentação, incluindo o figurino. "Enquanto eu estiver no palco, Dalila estará encarnada em boas energias", diz Ivete.

A cantora baiana é uma das principais atrações do dia 29. Ivete se apresenta no palco principal do festival ao lado de Jota Quest, Ana Carolina e Banda Eva.

O repertório preparado para a edição 2009 do Festival de Verão contará principalmente com as músicas gravadas no DVD Pode Entrar, que de ser lançado até o meio do ano.

O registro, feito em um estúdio na casa da cantora, mostra sua intimidade com músicas inéditas e regravações de Maria Bethânia, Lulu Santos, Marcelo Camelo e Saulo Fernandes.

Estão confirmados os shows de Jota Quest, Capital Inicial, Daniela Mercury, Nando Reis e da canadense Alanis Morissette. A programação 2009 também conta com momentos especiais como o Encontro do Forró e Encontro do Samba reunindo nomes de peso de cada estilo.

Os ingressos para o Festival de Verão 2009 custam entre R$ 60 (pista inteira) e R$ 150 (camarote) e podem ser adquiridos através do site oficial do evento (www.festivaldeveraosalvador.com.br). Os portões serão abertos às 19h.

Fonte: Terra

Feliz, Bruce Springsteen lança seu disco mais esperançoso

Bruce Springsteen sempre deu voz em sua música aos excluídos do sonho americano. Um dos artistas que mais se engajaram na campanha para que Barack Obama fosse eleito presidente dos Estados Unidos, Bruce teve merecido lugar de honra nos shows e festejos que celebraram esta semana a posse de Obama. Com fé nos ideais de igualdade social propagados pelo novo presidente dos EUA, o cantor lança terça-feira seu álbum mais esperançoso, Working on a Dream.

Diferentemente do grande disco anterior de Bruce, Magic (2007), que refletiu a desilusão do artista com a era de George W. Bush, este novo álbum, gravado com a fiel E-Street Band, não tem caráter explicitamente politizado. Springsteen marca posição nas entrelinhas. A esperança dá o tom de músicas como a faixa-título.

O álbum abre em grande estilo com Outlaw Pete, folk rock de clima épico e produção grandiosa (com cordas) que conta em oito minutos a saga de bandido do Oeste americano. Tal clima remete aos filmes de faroeste. Na seqüência, o rock My Lucky Day anuncia o tom feliz do CD com sonoridade típica da E-Street Band. É rock de batida pop. Working on a Dream, aliás, exibe sabor pop raro na discografia de Bruce, qualidade perceptível nos vocais harmoniosos de This Life, na balada Queen of the Supermarket e em Surprise, Surprise.

Fãs do cantor vão perceber que, apesar de toda a esperança contida em suas 13 faixas, o CD Working on a Dream não é dos álbuns mais felizes de Springsteen do ponto de vista musical e poético. As letras, rasas, estão aquém do padrão do artista. Exceções são os versos de Kingdom of Days, nos quais Bruce sustenta que o amor pode desafiar o tempo e a mortalidade.

Eles se impõem em repertório que inclui um blues elétrico (Good Eye) e um pungente tema adornado com vocais de estilo gospel, bem apropriados, aliás, para a faixa, que presta tributo póstumo a um integrante da E-Street Band, Danny Federici, morto em abril de 2007. A música se chama The Last Carnival e soa bem mais envolvente do que Life Itself, faixa que exemplifica a rala inspiração de Bruce.

Felizmente, o fecho do álbum é tão bom quanto seu começo. Contemplada com um Globo de Ouro, a bela canção The Wrestler foi feita para o filme homônimo e gravada no estilo voz-e-violão. Sinaliza que a inspiração não foi de todo embora com a desilusão de Bruce.

Por Mauro Ferreira
Fonte: O Dia/Terra

Rita Lee grava duas músicas inéditas em disco ao vivo

Parceria inédita de Rita Lee com Roberto de Carvalho, Insônia ganha registro no CD e DVD que a roqueira vai gravar ao vivo nos shows agendados para o próximo fim de semana na casa Vivo Rio. Rita traz seu show Pic Nic de volta ao Rio para fazer o registro do espetáculo pela série Multishow ao Vivo.

Além de Insônia, outra inédita, Nóia, parceria de Rita com o filho Beto Lee, turbina o roteiro, aberto com uma seqüência de hits (Flagra, Mutante, Jardins da Babilônia e Bem-me-Quer).

Já oficializada como cidadã carioca, em título recebido em maio da Câmara dos Vereadores, a cantora paulista termina o show com a marchinha Cidade Maravilhosa.

Por Mauro Ferreira
Fonte: O Dia/Terra

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Profissão de DJ é regulamentada

O projeto de lei que regulamenta a profissão de DJ foi aprovado pelo Congresso e deve ser publicado no Diário Oficial no próximo mês de março. O Projeto de Lei do Senado nº 740 é de autoria do senador Romeu Tuma e, através dele, a figura do DJ é incorporada na categoria de Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversão.

As previsões do Projeto incluem:

- Aplica-se a lei àqueles que, previamente inscritos no Ministério do Trabalho e Emprego, tiverem seu serviço esses profissionais para a realização de espetáculos, eventos, festas, comícios, programas, produções ou mensagens publicitárias;

- Para seu registro, esses profissionais devem possuir diploma de curso profissionalizante e atestado de capacitação profissional fornecido pelo sindicato representativo da categoria;

- O modelo de contrato de trabalho será definido pelo Ministério do Trabalho e Emprego;

- Os eventos realizados com a utilização de profissionais estrangeiros deverão ter a participação de, pelo menos, 70% de profissionais nacionais.

Fonte: Blog do Rraurl/Uol