quinta-feira, 30 de julho de 2009

Festival de Inverno Bahia 2009 - Tenda Alternativa mostra a força do espaço em divulgar novos e talentosos nomes do cenário estadual

Diversas são as ferramentas que artistas, projetos e bandas dispõem na era digital para propagarem seus nomes e suas sonoridades. Do My Space, Youtube e estúdios montados em casa, servindo de ponte para divulgação entre amigos, conhecidos e outras fontes, passando pelos famigerados blogs e sites especializados, até os tradicionais veículos de mídia, como revistas, rádios e programas de TV. A boa indicação também tem valido neste pequeno grande universo.

Mas nada como o palco para provar a força da nova geração de músicos que surgem hoje e já estouram amanhã. É a performance ao vivo que aglutina os primeiros fãs, alcança um segundo e terceiro grupos de seguidores e desperta os olheiros de plantão, antenados pra darem furo ao próximo nome que vai explodir no cenário. Este é o cerne de toda a rede da música independente.

Entendendo a força de um espaço direcionado para servir de vitrine para os novos nomes, sobretudo do cenário estadual, o Festival de Inverno Bahia, que acontece entre os dias 21, 22 e 23 de agosto, após o fechamento da grade do Palco Principal, divulga e direciona os holofotes do evento para aqueles possíveis candidatos a novos hits do ano. Do under para o ground, foi assim que bandas como a inusitada Princípio Ativo, por exemplo, garimpou, há três anos, neste mesmo festival, meia página de crítica elogiosa na extinta revista Bizz.

Representando o estado e sublinhando o evento como mostruário musical do que já está sendo aplaudido em outras praças alternativas, os projetos soteropolitanos Formidável Família Musical – que coleciona diversos fãs em Vitória da Conquista e em vários cantos do país com sua melodia flower power –, Aguarraz (mix poderoso de pop, rock, bossa nova, jazz e blues) e o impagável e performático músico e ator baiano Zéu Britto são atrações do espaço que dá ao festival um foco sobre as novas promessas da música brasileira.

Desejando um reflexo tão positivo e completando a grade, as atrações de Conquista também calcam seu lugar ao sol, como a Excalibur, já conhecida da cena pop rock da cidade há anos; a Ramanaia, que reúne os remanescentes das principais bandas da cena reggae conquistense de 2007; e a novíssima e curiosa Ladrões de Vinil, que já faz shows disputados nos espaços da terra baiana do frio com sua mistura de rock ao estilo 60’s e outros temperos sugados da música brasileira. No mesmo rastro, os DJs Tony, Trindade e Robertinho defendem as vertentes da música eletrônica e posicionam o gênero como um dos mais pedidos no evento, numa representação do forte comportamento raver que existe na cidade.

No fim de todas as contas do cenário independente, vale lembrar que foi do underground que surgiram nomes como Skank, Titãs, Marcelo D2 e Biquini Cavadão.

O Festival de Inverno Bahia 2009 é um evento realizado pela TV Sudoeste, afiliada da Rede Bahia/Rede Globo, e Icontent, empresa de entretenimento da Rede Bahia. Para ver a grade de todos os espaços do festival, acesse: www.festivaldeinvernobahia.com.br.

Por Marco Antonio J. Melo
Agência vOceve Multicomunicação

Nenhum comentário: