segunda-feira, 13 de julho de 2009

O Dia Mundial do Rock

No dia 13 de julho de 1985 aconteceu um dos maiores eventos de música de todos os tempos, o Live Aid. Os idealizadores do evento foram os músicos Bob Geldof e Midge Ure, que conseguiram mobilizar muitos astros da música em prol das vítimas da fome na Etiópia.

Grandes nomes do Rock se apresentaram no estádio de Wembley, em Londres, além de outros três palcos montados para o evento. Os outros palcos estavam na Filadélfia, nos Estados Unidos, em Sidnei na Austrália e em Moscou, na Rússia.

Entre tantos nomes que se apresentaram na Inglaterra, alguns se destacaram, como Queen, U2, Paul McCartney, David Bowie e The Who.

O Live Aid foi um festival que aconteceu simultaneamente na Filadélfia (EUA) e em Londres (Inglaterra) e trouxe nomes como Black Sabbath (com Ozzy), Status Quo, INXS, Loudness, Mick Jagger, David Bowie, Dire Straits, Queen, Judas Priest, Bob Dylan, Duran Duran, Santana, The Who e Phil Collins entre muitos outros. Aliás, Phil Collins abriu o show nos EUA e na sequência, voou para Londres para fechar o festival...

Devido a importância desse evento, sua grandeza e o motivo para sua realização, o dia 13 de julho passou a ser considerado o "Dia Mundial do Rock".

Outros festivais com essa mesma consciência social ocorreram na década de 80 como o U.S.A. For Africa, Live Aid, Farm Aid, Hear 'n' Aid, Artists Against Apartheid e o Amnesty International, reunindo sempre grandes nomes do mundo pop e rock. O Live Aid talvez tenha ficado mais famoso, e não é pra menos, arrecadou mais de 60 milhões de dólares que foram doados em prol dos famintos na África. Curiosamente, não foi feito nenhum vídeo, CD, DVD sobre o festival até hoje, muito possivelmente pela grande quantidade de artistas envolvidos no projeto...

Fonte: Rock Online

Nenhum comentário: