domingo, 23 de agosto de 2009

Moinho surpreende e Lan Lan rouba a cena

A banda Moinho atrasou sua chegada ao festival e depois da desistência de Titãs o clima estava tenso, mas quando a banda subiu ao palco surpreendeu. Primeiro pela energia, depois pelo repertório cheio de samba. Chovia fino e já estava de madrugada, mas nada que fizesse o a galera parar de sambar debaixo da garoa fina e constante.

Emanuelle desfilou toda sua simpatia e domínio de palco, junto com Lan Lan e Toni Costa fecharam com bom samba de raiz este segundo dia de Festival. Muitas homenagens aos sambistas que fizeram a história da música ser mais brasileira, entre eles o sambista baiano Riachão.

Lan Lan, de vestido e cantando, foi um das grandes atrações junto ao conhecido carisma de Emmanuelle Araújo. Mesmo com um grande hiato de vários minutos deixado após Carlinhos Brown, o que fez muita gente pensar os shows haviam acabado. Que agüentou mais um pouco viu uma aula de música brasileira.

Quem agüentou até às 5h não se arrependeu, o samba ainda durou madrugada a dentro mostrando que o ritmo contagia o Brasil e está voltando aos seus dias de glória. Pelo menos aqui no Festival de Inverno Bahia ele foi muito bem recebido.

Por: Fabyano Gomes e Aldo Clécius
Fonte: É Bala

Nenhum comentário: