quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Multishow premia músicos em noite de equilíbrio

Fresno, Seu Jorge e Marisa Monte levaram nas principais categorias.
Rita Lee recebeu homenagem surpresa.

Nem as seis indicações do Skank, nem as cinco de Jota Quest e Marcelo D2, cada, conseguiram evitar. Quem se deu bem mesmo no 16º Prêmio Multishow de Música Brasileira, realizado na noite desta terça-feira (18), no Rio de Janeiro, foram os gaúchos do Fresno, Seu Jorge e Marisa Monte, que levaram, respectivamente, os troféus nas categorias Banda, Cantor e Cantora, as principais do evento. A preferência do "júri", ou seja, dos internautas, foi pulverizada entre os concorrentes, o que resultou em uma democrátia e equilibrada distribuição de prêmios. A noite contou ainda com uma homenagem surpresa à cantora Rita Lee.

Rita Lee (esq) foi homenageada. Marisa Monte levou prêmio de melhor cantora e Seu Jorge (dir), melhor cantor. (Foto: Alexandre Durão/G1)

A premiação teve início com a apresentação coletiva das cantoras Maria Gadú, Nina Becker e Roberta Sá, que se juntaram a Seu Jorge e Marcelo D2 em “Pode acreditar”, música do próprio D2. Logo em seguida, a atriz Fernanda Torres, em um elegante um vestido vermelho, saudou o público. “Estamos pegando fogo”, disse a apresentadora, para em seguida confirmar sete milhões de votos recebidos pela internet.

O local do evento, que este ano aconteceu no Citibank Hall, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, foi motivo para uma brincadeira com o público localizado no “gargarejo”, uma novidade na edição deste ano, que teve direção geral de Joana Mazzucchelli e direção musical de Liminha. “Aqui a gente tem que olhar para baixo na hora de cumprimentar os fãs. No Theatro Municipal é diferente, o povo fica todo lá em cima, na galeria”, divertiu-se.

As mudanças também foram significativas no visual da festa. A produção fez bom uso das dimensões do lugar e instalou telões coloridos de alta definição por toda a extensão do palco, resultando em um belo cenário virtual. No teto, cilindros com leds luminosos foram utilizados pelo cenógrafo Zé Carratu, que formou um efeito semelhante ao visto no palco da turnê “In rainbows”, do Radiohead, que passou pelo Brasil em março deste ano.

Favoritismo significou pouco

A noite foi marcada pela distribuição democrática dos prêmios: ninguém se destacou ganhando muitos. Skank levou por Clipe e Iniciativa, uma nova categoria que elegeu a melhor ação de distribuição de música em novas mídias, e a única cujo vencedor foi escolhido pelo canal. Marisa Monte também ficou com dois: DVD e Cantora. Apenas eles se deram ao luxo de levar mais de um troféu para casa.

“Música não é uma atividade competitiva. Muito mais importante é estar aqui, entre essas cantoras maravilhosas”, disse Marisa.

Seu Jorge, o cantor vencedor, também foi simpático ao receber seu troféu das mãos de Rodrigo Amarante, que havia se apresentado momentos antes com o Little Joy, e Vanessa da Mata. “Bom mesmo é receber este prêmio de pessoas amigas diante de outros amigos”.

Até a pouco conhecida Débora Teicher, da banda Scracho, se deu bem. Levou para casa o prêmio pela categoria Instrumentista.

“Toca Raul!”

Um número musical chamou a atenção não tanto pela música em si, mas pelo barrigão exibido por Ivete Sangalo (supergrávida!) na apresentação, ao lado de Zeca Pagodinho, de “Falsa baiana” e “Deixa a vida me levar”.

Já o ex-titã Arnaldo Antunes e a revelação Ana Cañas escolheram a canção “Como vovó já dizia”, de Raul Seixas, talvez motivados pelos recém-completos 20 anos da morte do cantor. E NX Zero, Fresno e Strike subiram juntos ao palco para uma versão de “Inútil”, sucesso do Ultraje a Rigor. E Diego Ferrero ainda arriscou: “Vamos puxar uma vaia pro Sarney!”, no que foi prontamente obedecido.

“Aleluia, irmãos!”

A premiação foi encerrada com uma homenagem à Rita Lee. No telão, um vídeo narrado pelo filho Beto Lee, com imagens da cantora desde os tempos de criança, passando pelos Mutantes e carreira solo, foi exibido. Para completar, uma parceria inédita no palco. Gilberto Gil cantou ao lado de seu filho Ben Gil, da conterrânea Pitty e do baterista João Barone um medley dos sucessos “Ovelha negra”, “Mania de você” e “Lança perfume”.

Acompanhada pela neta Isabela, ela agradeceu de maneira inusitada. “Que delícia! Mas, cá entre nós, preferia receber essa homenagem em dinheiro. Aliás, o número da minha conta nas Ilhas Cayman é o mesmo que o da Igreja Universal. Aleluia, irmãos!”, despediu-se a cantora.

Veja a lista completa dos ganhadores:

Cantor:
Seu Jorge

Cantora:
Marisa Monte

CD:
“Agora”, NX Zero

Clipe:
“Ainda gosta dela”, Skank

DVD de Música:
“Infinito ao seu redor”, Marisa Monte

Grupo:
Fresno

Instrumentista:
Débora Teicher, Scracho

Música:
“Amado”, Vanessa da Mata

Show:
“Multishow ao vivo”, Capital Inicial

Revelação:
Banda Cine

TV Zé:
“Dalila”, Ivete Sangalo

Por Henrique Porto
Fonte: G1

Nenhum comentário: