terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Alanis Morissette diz que se livrou da depressão com corrida e maconha medicinal

Alanis Morissete luta contra a depressão por toda sua vida, mas recentemente ela descobriu um antídoto efetivo: correr.

Em entrevista para a revista "Runner's World", Alanis, 35, disse que "correr torna a depressão impossível. Se estou passando por uma fase emocional e saio para correr, sei que vou voltar [da corrida] com os pensamentos mais claros", disse a cantora.

Alanis, que já correu duas maratonas, diz que tenta manter um estilo de vida saudável, mas que ocasionalmente se sente bem "tomando um vinho tinto", e que acha "divertido usar maconha medicinal de vez em quando".

Algumas vezes falta motivação para correr, diz a cantora canadense, que também já foi uma nadadora que praticava sete dias por semana. Mas quando falta motivação, "eu amarro meus cadarços, coloco um sutiã justo, e saio como um robô. Os primeiros dez minutos são exaustivos, mas logo eu entro no ritmo", disse Alanis.

A cantora já correu maratonas beneficentes, representando entidades de defesa da preservação ambiental, e de auxílio a pessoas com distúrbios alimentares.

"Eu lutei contra distúrbios alimentares, especialmente na minha adolescência", contou Alanis, acrescentando: "mas percebi que quando comecei a tratar meu corpo como um instrumento em vez de um ornamento, minha relação com comida mudou completamente", concluiu.

Foto: Stephan Solon/Divulgação
Fonte: Folha Online

Nenhum comentário: