terça-feira, 22 de junho de 2010

Michael Jackson rendeu US$ 1 bilhão após sua morte

A morte de Michael Jackson completa um ano no próximo dia 25 e a revista Billboard americana fez um levantamento de quanto o nome dele lucrou neste período:> cerca de US$ 1 bilhão.

O cálculo foi feito com base no que foi arrecadado com músicas, filmes, licenciamento de marca e direitos e turismo, e na revista chegou à conclusão de que o cantor é mais lucrativo morto do que vivo.

Com a venda de músicas em CDs e digitalmente, foi arrecadado cerca US$ 429 milhões. Neste valor já estão registradas as vendas de ringtones (toques de celular) que, sozinhos, renderam mais de US$ 5 milhões. Só os direitos sobre as músicas do cantor renderam outros US$ 130 milhões.

Os filmes e programa de TV renderam outros US$ 392 milhões, quase tudo devido ao sucesso do documentário This is it, que foi distribuído no cinema, TV e até junto com o Play Station 3 no Japão.

Também entram na conta os valores arrecadados com licenciamento de marca e turismo, que gerou US$ 35 milhões. Só os shows na O2 Arena, em Londres, que não aconteceram, renderam US$6.5 milhões pela quantidade de ingressos que não foram devolvidos (ou seja, não foram ressarcidos).

Por último, a revista computou os US$ 31 milhões do contrato para relançamento de 10 álbuns do cantor pela Sony Music até 2017. Ou seja, Michael Jackson ainda será rentável por muito tempo.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: