segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Em grande estilo, Scorpions faz turnê de despedida!


Em janeiro deste ano, o lendário grupo de hard rock alemão, Scorpions, anunciou que iria se aposentar, fazendo sua última excursão e promovendo aquele que seria, também, seu derradeiro álbum: Sting in the Tail; lançado em março deste ano, o disco agradou em cheio aos fãs, por trazer a banda em grande estilo.

Formado em 1969, em Hanover, por iniciativa do guitarrista Rudolf Schenker, o grupo lançou em 1972, seu primeiro disco, Lonesome Crow. Agora, depois de milhões de discos vendidos em todo o mundo e quarenta nos de estrada, o grupo formado pelos músicos Klaus Meine (vocal), Rudolf Schenker (guitarra), Matthias Jabs (guitarra), Pawel Maciwoda (baixo) e James Kottak (bateria), conseguiu uma tarefa difícil: lançar um disco vigoroso, que está longe de parecer algo de um dinossauro preguiçoso; este fato diferencial foi o ponto de partida da ideia da aposentadoria, que surgiu do próprio empresário, após ouvir o novo disco, dizendo que este disco fantástico seria ideal para encerrar a carreira da banda no ponto alto.

Dito e feito; anunciado como um álbum de enorme impacto e uma turnê que seria espetacular, depois do seu início em maio deste ano, os shows têm cumprido o prometido e agradado, trazendo esses sessentões em plena forma. Na “Get your Sting and Blackout World Tour”, o grupo se mantém fiel ao hard rock, sabendo mesclar rocks emblemáticos com baladas que frequentam qualquer tipo de rádio, tornando o grupo o mais bem sucedido da Alemanha.

A noite deste sábado, em São Paulo, estava propicia para um nostálgico show de despedida; o vento frio e uma garoa castigavam os milhares de fãs em fila, esperando a abertura da casa (que foi por volta de nove da noite), mas aquela agonia da espera logo terminou aos primeiros acordes da banda no palco; a ansiedade foi trocada pela energia e empatia do público, que mostrava preferir esquecer que aquilo era uma despedida, pelo contrário, era uma noite de alta excitação. Depois, o grande lado positivo de um show como o do Scorpions é que ninguém estava nessa plateia como um neófito ou por modismo, aquilo era comprometimento e paixão. Então, hits, baladas e o bom repertório do mais recente disco, compõem o formato infalível desta tour, que tem previsão de dois anos e meio, resultando, também, em um DVD.

Enfim, com tanta energia sobrando, quem sabe não haja mais alguma surpresa até o fim da turnê; os fãs, que já estão contentes, agradeceriam!

Fonte: Blog do Maia/Uol
Fotos: Alex Almeida/UOL

Fonte: Uol

Nenhum comentário: