segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Ricky Martin diz que título de novo álbum reflete conceitos de sua personalidade


Madri - Ricky Martin revelou nesta segunda-feira (21) em Madri alguns dos segredos por trás do seu novo álbum "Música Alma Sexo", cujo primeiro single, "Lo Mejor de Mi Vida Eres Tú", é uma homenagem a seus dois filhos, explicou o cantor porto-riquenho na primeira entrevista coletiva que ofereceu após o lançamento do disco.

Ricky explicou os motivos que lhe levaram a escolher o nome de seu novo álbum, onde aparecem três conceitos muito relacionados com sua personalidade: "A vida sem música não existe. Além disso, sem alma seria só um pedaço de carne. E já o sexo, quem não gosta?".

Ricky Martin conquistou o número um do ranking de vendas, incluindo a famosa lista latina Billboard, onde atingiu o posto de melhor estreia de um disco em espanhol em 15 anos.

"Muita gente pensava que o primeiro single de Ricky Martin seria uma coisa muito latina, uma balada mais forte", advertiu o cantor, de 39 anos, que explicou ter usado "a influência do reggae" em um tema que lhe possibilitou gravar um vídeo que mostra "as mil maneiras nas quais o amor pode se manifestar".

O novo disco, que chegou às lojas no dia 1º de fevereiro, também conta com a balada "Basta Ya", uma "história de liberdade" que fala da importância que é "deixar de carregar coisas que não te pertencem", argumentou o cantor de "La Copa de La Vida".

Ricky Martin, que iniciará sua turnê mundial no dia 25 de março em Porto Rico, definiu seus filhos, Matteo e Valentino, como "o melhor da minha vida". Por enquanto descartou que está buscando "um companheiro" para completar sua família, embora explicou que a adoção "é uma opção maravilhosa".

Os planos do ex-integrante do Menudos passam por uma turnê mundial com seu novo álbum, mudança para Nova York e, nessa mesma cidade, fazer parte do elenco do musical "Evita".

O artista porto-riquenho comemorou o sucesso da sua recém publicada biografia, "Eu", que se transformou em um dos livros mais vendidos segundo a lista do "The New York Times", e na qual aborda, entre outras coisas, a declaração pública de sua homossexualidade via Twitter.

A confissão através da rede social serviu para mostrar-se mais "transparente e honesto", explicou Ricky. "O medo à rejeição estava em minha cabeça", indicou o cantor, que se mostrou surpreendido pelo "carinho do público, da imprensa e dos críticos", e descartou que se tratasse de "uma estratégia de marketing".

Após ter anunciado sua opção sexual, o cantor explicou que não tem medo de perder o público feminino adolescente que o acompanhou durante toda sua carreira porque "a mensagem, a fusão, a energia, a balada e os ritmos dançantes continuam".

Sobre o panorama musical atual lembrou que escuta "de tudo", embora goste muito do trabalho da cantora espanhola Concha Buika e afirmar que está sempre atento às listas dos mais vendidos, onde destacam-se Lady Gaga e Rihanna, duas de suas artistas preferidas.

Fonte: Agência EFE/UolJustificarl

Nenhum comentário: