sábado, 26 de março de 2011

Ricky Martin inicia turnê em Porto Rico com show grandioso


O cantor Ricky Martin começou na sexta-feira em Porto Rico sua nova turnê mundial, Música + Alma + Sexo, com um eletrizante show no qual interpretou seus maiores sucessos com muita sensualidade e classe, como prometera previamente. O espetáculo teve início com a apresentação de um vídeo produzido pelo cineasta porto-riquenho Carlos Pérez, no qual Ricky Martin aparece se soltando de correntes, em alusão ao fato de o cantor ter assumido sua homossexualidade.

O show, no Coliseu José M. Agrelot, em San Juan, começou com Será, será, Dime que me quieres e It's alright, sempre com Martin acompanhado de seus dançarinos. "Muito boa noite, Porto Rico. Obrigado por estar aqui. Como está tudo? Eu estou bem, portanto vamos cantar", disse o artista de 39 anos, que em 2012 interpretará o revolucionário argentino Ernesto "Che" Guevara na peça Evita, em Nova York.

O ex-integrante do grupo Menudo prosseguiu o espetáculo com Qué día es hoy, quando foram observadas algumas falhas técnicas, e, com a canção Vuelve, do venezuelano Franco de Vita, fechou a primeira parte do show, denominada Rock goes pop. A segunda parte, batizada de Cabaret, teve início com um vídeo de um dos dançarinos de Martin descrevendo seu percurso na vida até que decidiu aceitar seu homossexualismo.

"Cabaret" seguiu com Martin, dançarinos e músicos vestidos com trajes inspirados nas décadas de 50 e 60. O cantor incluiu nesta parte do espetáculo as canções Livin' la vida loca, She bangs, Loaded e Basta ya, enquanto seu companheiro, o porto-riquenho Carlos González, dançava na área de som e iluminação da produção.

Para a terceira seção da apresentação, "Mediterrâneo", um dos guitarristas da banda entrou no palco interpretando alguns acordes enquanto era projetado um vídeo de Martin desde pequeno até a transição ao aceitar seu homossexualismo. O cantor continuou o espetáculo com alguns de seus maiores sucessos, entre eles María e Tu recuerdo. "Como vocês estão? Agora percorreremos minha carreira para seguir recordando e se vocês cantarem será melhor para nós", indicou Martin.

O artista deu sequência à apresentação com os temas El amor de mi vida, Fuego contra fuego e Te extraño, te olvido, te amo. Em seguida foram interpretadas Frio, canção dos porto-riquenhos Wisin & Yandel, e I am, quando Martin e seus dançarinos simularam uma orgia.

A última parte do concerto, denominada "Afro beat", foi finalizada com Más, Lola, Lola, La bomba, Pégate, La copa de la vida e Lo mejor de mi vida.

Ricky Martin tem apresentações marcadas em Porto Rico até a segunda-feira e na sequência passará por Estados Unidos, Canadá, América Latina, Europa e Ásia.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: