segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Cidade Negra, Frejat e Victor e Léo encerraram o Festival de Inverno Bahia 2011

Muito frio, animação e música ditaram o ritmo da última noite do Festival de Inverno Bahia 2011. Cerca de 60 mil pessoas conferiram, ontem o encerramento da sétima edição do maior festival de música do interior do Nordeste. A despedida da sétima edição do Festival de Inverbo Bahia aconteceu em grande estilo com a batida do reggae de Cidade Negra que, após três anos de separação, retornou com sua formação original à cidade baiana. “Eles voltaram renovados e tão sintonizados quanto no início da carreira” avaliou o professor Vinícius Andrade.

Ao subir no palco, Toni Garrido prometeu relembrar os reggaes que todos estavam com saudades. E, de fato, o reencontro da banda carioca com o público foi recheado de muitos hits que marcaram a trajetória do grupo, além de músicas novas.

A banda Cidade Negra, que também tem influência do soul e do pop rock, começou a noite com “Downtown”. Toni Garrido (vocal), Bino Farias (baixo) e Lazão (bateria) não deixaram de fora os sucessos “Amor igual ao teu” e “Firmamento”. Com todas as letras na ponta da língua, o público vibrou e dançou muito. “Ele resolveu vir para a Bahia para ficar mais perto de Deus”, disparou Garrido antes de começar “Jhonny B. Good”.


Em mais um show entusiasmado, Frejat apresentou “A tal da felicidade”, que traz uma seleção de canções de outros artistas, como Jorge Benjor, Tim Maia e Caetano Veloso. “São músicas que eu gosto muito e que fizeram a minha cabeça quando eu era garoto” explicou o músico que marcou a história do rock nacional. O repertório também contou com músicas autorais como “Segredos” e “Amor para recomeçar”.

Frejat confessou estar muito feliz por participar de mais um Festival de Inverno Bahia e pediu para o público “cantar e balançar o esqueleto”. A plateia prontamente retribuiu com aplausos e coro ao som de “Noite do prazer”. Em “Puro êxtase”, "Réu confesso” e “Segundo sol”, Frejat levou o público à loucura. “Para quem ainda não conhece, a próxima música está disponível no meu site, é só entrar lá, clicar, ouvir e curtir” disse o simpático cantor, antes de iniciar “A Felicidade bate à sua porta", composição de Gonzaguinha, gravada pelas Frenéticas.


O público se despediu do Festival de Inverno Bahia 2011 na companhia da dupla Victor e Léo. Com o estilo que mescla folk, pop, romantismo e o sertanejo de raiz, os cantores surpreenderam a plateia com as novidades no repertório e efeitos no cenário e na iluminação.

Logo no inicio do show, Léo declarou que adora cantar em Vitória da Conquista e que foi uma honra participar do evento, dividindo o palco com grandes nomes da música. Já Victor desejou muito axé, luz e afeto ao público.

Muito divertida e descontraída, a dupla brincou falando que era “Mais Conquista em 2014”, referindo-se ao slogan da cidade na campanha para ser subsede da Copa do Mundo. O público cantou entusiasmado os sucessos “Água de oceano”, “Rios de amor”, “Flor do campo” e “Boa sorte pra você”, canção que batiza a turnê.

Também fez parte do repertório “Retratos rasgados”, de Roupa Nova, e “Nascemos para cantar”, de Daniel Moore. Os hits “Fada”, “Tem que ser você”, “Borboletas” e “Deus e eu no sertão” foram aclamados pelo público.


No Barracão do Forró, Bruno e Rafhael, Nois e Elas e Chega Mais animaram os intervalos do palco principal. Os Djs David, Tatu e Trindade comandaram o som eufórico da Tenda Eletrônica. O Festival de Inverno Bahia foi uma realização da Icontent, empresa de entretenimento da Rede Bahia, em parceria com a TV Sudoeste.

Por Lilian Pinto / Comtexto Comunicação
Foto: Laécio Lacerda

Nenhum comentário: