segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Última noite do FIB: muita gente, muita animação

A terceira e última noite do Festival de Inverno Bahia 2011, que aconteceu neste domingo (21), surpreendeu a quem estava presente. Geralmente, no último dia do FIB o público é menor, mas mesmo com um número reduzido de pessoas se comparado às duas noites anteriores, o Parque de Exposições Teopompo de Almeida lotou e superou as expectativas: 61 mil pessoas participaram da 7ª edição do maior evento do interior da Bahia. Neste ano, o Festival foi uma verdadeira mistura de ritmos: foram 9 artistas no palco principal, 12 bandas de forró no Barracão e 9 DJs na Tenda Eletrônica, totalizando 15 horas de música num só fim de semana.

Os que comandaram a noite, neste domingo, foram Cidade Negra, Frejat e Victor e Léo. Com shows muito animados, os artistas esquentaram o público. Às 21h, com Toni Garrido à frente, a festa começou com clássicos da banda Cidade Negra, como “Girassol”, “Aonde você mora” e “Firmamento”. Cidade Negra, desde 1996 agrega fãs em todo o Brasil e suas letras, na ponta da língua do público, já estão marcadas na música brasileira, e em Conquista não foi diferente: o público acompanhou as músicas com muita dança e animação.

Às 23h foi a vez do cantor e compositor Roberto Frejat subir ao palco e levar o público ao delírio. O parceiro de Cazuza, hoje em carreira solo paralela ao Barão Vermelho, interpretou antigos sucessos como “Segredos”, “Puro Êxtase” e, como de costume, ao lembrar de Cazuza, tocou a famosa “Bete balanço”. Lembrou também a música que fez sucesso interpretada por Cássia Eller, “Malandragem”, e “Mais uma vez”, de Legião Urbana, que o público acompanhou em coro. Frejat também tocou canções do recém-lançado disco, “Intimidade entre Estranhos”, da turnê “A tal da Felicidade”.

Para o cantor, voltar a Conquista pela terceira vez – a primeira com o Barão Vermelho e as outras duas na carreira solo – só confirma como o público da cidade e baiano em geral é animado e gosta de um show feito em festa. “Este show foi feito para se divertir. Não foi baseado na turnê, até porque o disco novo possui músicas mais intimistas, mais dramáticas, feitas para refletir. Aqui eu toquei também músicas de artistas que sempre foram grandes referências para mim, e a intenção foi essa, de colocar o show pra cima mesmo. O intervalo entre a primeira e segunda vezes que vim aqui foi pequeno, mas entre a segunda e esta terceira, foi maior, e ver essa resposta maravilhosa do público, mais uma vez, foi muito bom”, declara Frejat.

Sobre o show do Rock in Rio 2011, ele afirma que não será como foi aqui em Conquista: “No Rock in Rio o tempo para o show é menor do que foi aqui, então será um show mais reduzido”. Quando perguntado se já havia encontrado “A tal da Felicidade”, Frejat ri e diz que essa é uma busca constante. O cantor também disse gostar da ideia de um festival com variedade musical: “Acho que essa mistura de ritmos valoriza a música. Quando um público que gosta de um estilo, sabe frequentar o mesmo ambiente de um público que gosta de outro estilo musical, isso é uma cultura respeitando a outra. É muito raro hoje em dia termos um festival de música com um estilo só. Acho que só gospel e sertanejo ainda fazem isso”, diz.

Quem fechou a noite com muito sucesso, e para surpresa de alguns, talvez a banda mais aclamada de todo o Festival de Inverno deste ano, foi a dupla sertaneja Victor e Léo. Uma hora da manhã e o Parque de Exposições inteiro vibrando quando a dupla começou o show. As tietes já gritavam antes mesmo dos cantores saírem do camarim, chamando para que subissem logo no palco. E os fãs foram ao delírio quando tocaram o mais novo sucesso “Boa sorte pra você” e “Água do oceano”. A plateia acompanhou Victor e Léo do começo ao fim do show, com muita animação, e com as letras da música cantadas sempre em coro uníssono. Muitos antigos sucessos e músicas de algumas novelas da Rede Globo também foram interpretadas pela dupla, e também, acompanhadas pelo público, que lotou o Parque até o final do show, já na madrugada desta segunda-feira.

Barracão do Forró e Tenda Eletrônica

No Barracão do Forró, o público pôde curtir o arrasta-pé das Chega Mais, Nois e Elas, e Bruno e Raphael. Já na Tenda Eletrônica, as pick-ups foram comandadas pelos DJs David, Tatu e Trindade.

Por Laís Vinhas / Site: vitoriadaconquista.com.br
Foto: Zé Silva



Nenhum comentário: