sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Rock in Rio - De cocar, Jamiroquai faz 'esquenta' para Stevie Wonder no Palco Mundo




Um vocalista usando cocar de penas roxas, cantando letras sobre o espaço sideral, acompanhando bases de jazz, funk e r&b... Liderado pelo excêntrico Jay Kay, o grupo inglês Jamiroquai subiu ao Palco Mundo do Rock in Rio pouco depois das 23h desta quinta-feira (29), ovacionado pelo público.

Na ativa desde 1992, a banda - classificada como de "acid jazz" pela crítica especializada - esquentou os ânimos para o show de Stevie Wonder, que encerra a programação deste 4º dia de festival.

Tocaram faixas de seu álbum mais recente, "Rock dust light star" (2010) e de trabalhos anteriores de sua discografia, entre eles "Travelling without moving" (1996).

Ficaram de fora da set list sucessos como "Virtual insanity", "Space cowboy" e "Seven days in sunny june" (de "Dynamite", 2005).

No começo da apresentação, imagens do Planeta Terra feitas do espaço, além de paisagens aéreas, complementavam no telão o clima "cósmico".

Não à toa, abriram com "Rock dust light star", emendada com "Main vein".

O repertório continou com sucessos como "Cosmic girl" e "Canned heat". Antes de sair para o bis, o Palco Mundo se acendeu em luzes verdes, anunciando o hit "Deeper underground" (parte da trilha sonora do filme "Godzilla", de 1998). Foi o momento mais roqueiro de todo o show, embalado por um poderoso riff de guitarra.

O Jamiroquai saiu de cena por volta da 0h30, depois de cantar "White knuckle ride".

Por Marcus Vinícius Brasil Do G1, no Rio
Fotos: Flavio Moraes/G1 - AP Photo/Sílvia Izquierdo

Nenhum comentário: