segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Rock in Rio - Menos pesado, Coheed & Cambria agita com cover de Iron no festival





O Coheed & Cambria enfrentava dificuldades para engajar o público até depois da metade de sua apresentação no Palco Mundo do Rock in Rio, na noite deste domingo (25).

Com um som menos pesado que o de outras atrações da noite (como Slipknot e Metallica), o grupo americano de rock progressivo disparava canções como "Ten speed (of god's blood & burial)" e "Gravemakers and gunslingers" para um público morno. Longe do palco, havia amontoados de gente deitada.

Nessa primeira parte do show, que começou às 20h, tocaram ainda "Here we are juggernaut", "The velourium camper III: Al the killer" e "A favor house atlantic".

Foi quando, pouco antes de sair do palco, às 20h50, a banda disparou cover de "The trooper", faixa lançada originalmente pelo Iron Maiden em 1983. Quem estava sentado se levantou, mãos foram ao alto, e a plateia cantou em coro a música até o fim, num estouro de energia.

Era tarde (faltavam apenas mais alguns minutos para o fim da apresentação), mas o público reagiu bem melhor às últimas duas faixas do repertório.

Liderado pelo vocalista Claudio Sanchez, com sua longa cabeleira crespa, o Coheed abriu com "No world for tomorrow" e terminou sua apresentação com "Welcome home". Aí, Sanchez tocou uma guitarra de braço duplo, apoiando-a na nuca para tocar seus solos habilidosos. No fim, saiu mais aplaudido do que se não tivesse lançado mão do trunfo Iron Maiden.

Por Marcus Vinícius Brasil Do G1, no Rio
Fotos: Flavio Moraes/G1

Nenhum comentário: