segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Rock in Rio - Motörhead faz show com participação de Andreas Kisser





Foram 13 músicas em pouco mais de uma hora de show, que teve participação do guitarrista Andreas Kisser, do Sepultura. Muitos fãs não pareceram se importar com o fato do Motörhead já ter passado pelo Brasil em abril deste ano, com show pouco diferente ao desta noite de Rock in Rio. Outros, no entanto, só vibraram com "Ace of spades", a penúltima do setlist.

Músicas como "Killed by death", "Stay clean", "Over the top" e "Going to Brazil" - dedicada ao povo brasileiro - foram recebidas com mais respeito do que euforia.

Como de costume, o baixista e vocalista Lemmy Kilmister anunciou brevemente cada música e disse seu famoso bordão no começo e no final ("Nós somos o Motörhead, e nós tocamos rock n' roll"). A plateia oscilou entre o morno e o quente, em show terminado com Lemmy fuzilando o público com seu baixo - ele finge que o instrumento é uma metralhadora.

"In the name of tragedy" tem solo de bateria de Mikkey Dee, que se comunica bastante com a plateia. Ele olha para a câmera e pede, pelo telão, que todos gritem o nome do grupo. Também falante, o guitarrista Phil Campbell trajou uma camisa do Atlético Mineiro.

Por Braulio Lorentz Do G1, no Rio
Fotos: Felipe Dana/AP - Flavio Moraes/G1

Nenhum comentário: