domingo, 25 de setembro de 2011

Rock in Rio - Sob chuva, Stone Sour conquista fãs no Palco Mundo com metal pesado




Foi uma sessão de hipnose embalada por riffs pesados, bateria frenética e solos estridentes de guitarra. A banda americana Stone Sour terminou seu show no Palco Mundo do Rock in Rio às 21h30 deste sábado (24) com alguns fãs a mais.

Nome relativamente desconhecido da escalação (se comparado com o Red Hot Chili Peppers, que fecha o Palco Mundo), o grupo manteve domínio sobre o público durante toda a apresentação, que durou uma hora. Carismático, o vocalista Corey Taylor (ele também canta no Slipknot) interagiu com a multidão como faz um popstar.

O repertório contou com faixas de todos seus álbuns: do primeiro, auto-intitulado (2002), além de "Come what(ever) may" (2006) e de seu disco mais recente, "Audio secrecy" (2010) - entre elas a faixa título e "Digital (did you tell)".

No meio de pedradas como "Get inside", houve espaço para a balada "Bother" - momento mais tranquilo de todo o show, com o público acompanhando com as mãos para o alto, acenando de um lado para o outro.

Quando a chuva começou, no meio de "Made of scars", Taylor brincou, disse que estava gostando da chuva porque havia esquecido de tomar banho.

Fechou o show com "30/30-150". Antes de sair do palco, já sem camisa e com todas tatuagens à mostra, embrulhou-se numa bandeira do Brasil estilizada com o símbolo da Stone Sour. Antes, prometeu voltar ao Rio de Janeiro - cidade que conhece pela 1ª vez. "Estaremos de volta o mais cedo possível", disse. E os fãs responderam gritando em comemoração.

Por Marcus Vinícius Brasil Do G1, no Rio
Fotos: Flavio Moraes/G1 - Marco Terranova/R2/Rock in Rio - Bruno de Lima/R2/Rock in Rio

Nenhum comentário: