segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Gusttavo Lima lança clipe de versão eletrônica da música "Gatinha Assanhada"

O cantor sertanejo Gusttavo Lima lançou esta semana o vídeo da versão eletrônica da música "Gatinha Assanhada", primeiro a ser divulgado do novo DVD, gravado em abril no Credicard Hall, em São Paulo.

No clipe, feito em Ibiza, ilha localizada ao leste da Espanha, durante uma recente turnê pela Europa, o músico aparece cercado de mulheres em um iate.

O novo trabalho conta com 25 músicas, sendo 22 inéditas e as regravações dos sucessos "Balada", "60 Segundos" e "Fora do Comum". O álbum conta ainda com as participações especiais do cantor Eduardo Costa. Alexandre Pires, a dupla Wilian & Marcelo e o jogador de futebol Neymar.

Assista:



 Foto: Reprodução/Youtube Fonte: UOL

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Depeche Mode lançará álbum de inéditas em março de 2013


Depois do anúncio de uma turnê mundial em 2013, o Depeche Mode assinou um novo contrato mundial com a Columbia Records e lançará um álbum de inéditas em março do ano que vem, segundo o site da revista "The Hollywood Reporter".

Formada por Dave Gahan, Martin Gore e Andy Fletcher, a banda passou 30 anos de sua carreira com as gravadoras Warner Music, Reprise Records, Mute Records, vendida para a EMI, e Capitol.

"Depeche Mode é uma das maiores bandas de rock da era moderna", disse ao site Rob Stringer, presidente da Columbia Records. "Apesar de venderem milhões de álbuns ao longo de muitos anos, eles ainda mantêm um frescor e uma mística em todos os aspectos de sua carreira, e são verdadeiramente uma banda global, com torcidas enormes, em, literalmente, todos os países. Seu novo álbum é único e revigorante e seu melhor trabalho há anos e estamos entusiasmados por estarmos envolvidos com o Depeche Mode como uma empresa mundial."

Martin Gore, compositor, tecladista, vocalista e guitarrista da banda, afirmou que está feliz com o resultado. "A música tem uma vibração semelhante de ‘Violator’ e ‘Songs of Faith and Devotion’ e eu acho que as canções do álbum estão entre as melhores que já fizemos", disse.

O frontman do Depeche Mode, Dave Gahan, também falou sobre o novo disco. "O álbum tem uma sensação muito orgânica e direta. Não é um disco de blues, mas definitivamente tem uma vibração emotiva. Durante o processo de gravação, nós realmente tentamos obter os elementos de da performance ao vivo."

Com mais de 75 milhões de cópias vendidas, o Depeche Mode aparece como uma das principais bandas de música eletrônica de mundo, sendo, inclusive, uma das primeiras a usar sintetizadores.

Foto: Kevin Winter/Getty Images
Fonte: UOL

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Fatboy Slim fará miniturnê pelo Brasil entre dezembro de 2012 e janeiro de 2013


O DJ britânico Fatboy Slim retorna ao Brasil no fim de 2012 para se apresentar em sete cidades brasileiras, a maior parte delas no nordeste do país.

Presença frequente em território nacional, o artista estará na América do Sul para apresentação durante a virada do ano em Arraial D'Ajuda, na Bahia. Antes do Réveillon, Fatboy Slim tocará em Recife, no dia 28 de dezembro, em João Pessoa, no dia 29 e em Maceió, no dia 30.

Depois da turnê nordestina, o músico irá para o sul do país. Balneário Camboriú, em Santa Catarina, recebe o DJ no dia 3. Já a cidade litorânea de Guaratuba, no Paraná, contará com uma apresentação de Fatboy Slim no dia 4. O encerramento da série de shows acontece em Goiânia, no dia 5.

Ao lado do Japão, o Brasil é um dos lugares favoritos do artista para se apresentar. Slim já chegou a dedicar uma música ao Brasil: "Put Your Hands Up For Brazil (I Love This Country)", que deve integrar o repertório do britânico durante sua nova turnê. Deverão estar no setlist outras faixas como "Right Here, Right Now", "Praise You" e "Star 69".

Foto: Marco Dutra/UOL
Fonte: Uol

Programação Natal da Cidade - Vitória da Conquista


sábado, 8 de dezembro de 2012

Novo vocalista da Banda Eva, Felipe Pezzoni


Uma nova voz vai eletrizar os sucesso da Banda Eva depois do carnaval de 2013. Saulo Fernandes, atual líder, vai seguir carreira solo. Quem assume os vocais, depois da Quarta-feira de Cinzas, é Felipe Pezzoni. O baiano, de 28 anos, está na música desde os 13, quando começou a tocar percussão em uma banda.

— A minha trajetória me preparou. Foram oportunidades importantes para a minha formação — conta.

Depois de passagens em bandas de forró e axé, ele agora enfrenta o desafio de ocupar o lugar que já foi de Ivete Sangalo e Emanuelle Araújo, além de Saulo:

— No início, eu estava preocupado, mas acho que está indo naturalmente. O principal é ter tranquilidade. Fiquei apreensivo porque o Saulo é querido, mas o público entendeu que faz parte, são ciclos de mudanças.

A nova cara da Eva, agora, tenta equilibrar as grandes mudanças tanto no lado profissional como no pessoal. Ele tem compromisso sério com a nutricionista Vanessa Tironi, que, por enquanto, não está preocupada com a agenda lotada e o futuro assédio das fãs.

— Fiquei noivo há um mês, mas estamos juntos há três anos. Até agora ela está tranquila, está dando tudo certo, vamos ver mais pra frente — diz, aos risos.

Por Bibiana Maia/O Globo - Extra
Foto: Divulgação

sábado, 10 de novembro de 2012

Lady Gaga faz show no Rio debaixo de chuva e lágrimas

Foi debaixo de chuva e de lágrimas que a cantora Lady Gaga fez sua primeira apresentação no Brasil na noite desta sexta-feira (9). A diva pop chorou ao cantar “Hair” ao lado de três fãs escolhidos por ela própria entre as 40 mil pessoas que compareceram ao Parque dos Atletas, na Zona Oeste do Rio, segundo a produção do show.

Durante as duas horas e vinte minutos de show, a artista norte-americana também fez rasgadas declarações de amor ao Rio de Janeiro, arriscou frases em português (“Oi, galera!” e “Brasil eu te amo”), se enrolou na bandeira do Brasil e até vestiu uma blusa com as iniciais UPP, em referência às Unidades de Polícia Pacificadora instaladas em algumas comunidades da cidade.

"Quero que vocês nunca se esqueçam desse dia, porque esse é o meu lugar favorito em todo o mundo. Eu viajei o mundo inteiro, mas eu nunca me senti tão feliz como estou me sentindo no Rio”, disse ela, completando, mais tarde: “A experiência que eu tive no Rio realmente me transformou”, afirmou.

A nova-iorquina subiu ao palco precisamente às 22h23. Acompanhada de uma cavalaria estilizada, emendou as canções “Highway unicorn”, “Escape”, "Hooker" e "Government hooker". No início do show, o público que ocupava a pista do Parque dos Atletas ainda parecia reduzido, mas, aos poucos, mais gente foi chegando — ao agradecer aos fãs por comprarem o ingresso, Gaga referiu-se aos "30 mil" presentes, ou seja, 10 mil a menos do que o que a produção contabilizou oficiamente.


O roteiro do espetáculo é engessado. Quase não há espaço para improvisos, com exceção dos longos discursos e de algumas brincadeiras da cantora com o público. Para agradar aos cariocas, citou a visita ao Morro do Cantagalo, em Ipanema, como um momento especial. E também filosofou: "Senti Deus quando cheguei à essa cidade", disse Stefani Joanne Angelina Germanotta, seu nome de batismo.

Há provocações religiosas e insinuações sexuais, mas também muita música: Gaga canta (de verdade) todos os seus hits: de "Poker face", um de seus primeiros sucessos, até "Born this way", que dá nome ao seu mais recente álbum. Tudo isso apresentado com status de superprodução, incluindo efeitos especiais, cenário grandioso (o fundo do palco é um castelo medieval) e dançarinos coreografados.

Um dos aspectos mais curiosos do show é a quantidade de figurinos ultilizados pela cantora. São quase duas dezenas de vestidos, que remetem ao mundo conceitual e bizarro concebido pela artista norte-americana. Com um modelito rosa, Gaga lembra Penélope Charmosa, famosa personagem dos desenhos animados. Em outro momento, com uma roupa branca e um chapéu, parece o alienígena imortalizado no clássico da ficção científica, "Alien, o oitavo passageiro", de Ridley Scott.

Mas toda a esquisitice de Lady Gaga pareceu ter agradado ao público, que também pôde conferir as performances da DJ Lady Starlight e da banda The Darkness (do sucesso “I believe in a thing called love”), atrações de abertura.

Perto do fim do show, quando ainda chovia no que será a Cidade do Rock em 2013, outros seis fãs sortudos tiveram a chance de subir ao palco, tocar, beijar e dançar com a diva, que, mais uma vez, se derreteu em elogios ao Rio de Janeiro. "Vocês são tão especiais, obrigado por me darem tanta inspiração".

Agora a cantora segue com sua turnê “Born this way ball” para São Paulo, onde tem show marcado no próximo domingo (11), no Estádio do Morumbi. Seu último compomisso no Brasil é Porto Alegre, no Estacionamento da Fiergs, na terça (13).

Por Carolina Lauriano e Henrique Porto Do G1 Rio
Foto: Marcelo de Almeida/Divulgação

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Carrasco XVIII Relembrando o Carrascão!!!


Com DJ David – Relembrando o Carrascão
Festa
Categoria Lazer – Meio de acesso: Ingresso
10/11/2012 (Sabado) as 23:00 em VITÓRIA DA CONQUISTA-BA
Local: Casa Rafiki
Endereço: Rua Vivaldo Mendes, 460 – Recreio

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

"Thriller", de Michael Jackson completa três décadas


Trinta, mas com corpinho de 20. Três décadas após o lançamento, "Thriller" de Michael Jackson continua mais jovem do que nunca. Depois dele, a indústria da música nunca mais seria a mesma. Considerado uma pérola da cultura pop, é o álbum mais vendido do planeta, mais de 170 milhões de cópias. Certamente, também é o mais ouvido.

Infeliz e inconformado, apesar do desempenho de seu disco anterior, "Off The Wall", de 1979, que até então havia vendido 20 milhões de cópias em todo o mundo, Michael queria mais, muito mais. E conseguiu. Logo após o lançamento, em 30 de novembro de 1983, "Thriller" abocanhou o dobro: 40 milhões de discos comercializados, disparando nas listas dos mais vendidos.

“Vendia um milhão de cópias por semana durante a primeira metade de 1983”, escreve o editor musical da publicação londrina "Time Out", John Lewis, no livro "1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer" (Editora Sextante).

Misturando diferentes sonoridades, como soul, pop, rock, R&B, gritinhos hipercinéticos e um jeito todo único de dançar, em que usa mais os pés, Michael Jackson, com "Thriller", elevou-se a condição de maior pop star de todos os tempos. Virou mania. Por todos os cantos alguém o imitava.



Em "Thriller", segundo Lewis, não há uma única nota fora do lugar. “É um pop refinado ao limite, durante meses, por magos do estúdio usando os melhores músicos e a melhor tecnologia.” Um exemplo da superprodução dedicada ao álbum é a faixa "Beat It". Um funk-rock envolvente, com solo de Eddie Van Halen, da banda Van Halen, montada a partir de 50 gravações.

Impossível também não citar "Billie Jean". Apesar da letra extremamente tosca, é um dos maiores sucessos do disco. Mais ou menos, o fato é que todas as faixas foram sucesso de público e de crítica. O disco impressionou até o virtuose do jazz, Miles Davis, que regravou anos depois a balada "Human Nature". 

Para o bem e para o mal, no talento e nas bizarrices, os superlativos na vida e na obra de Michael Jackson, a partir de "Thriller", tornaram-se uma constante. O álbum levou nada mais nada menos que sete prêmios Grammy, em 1984, e teve a vendagem recorde destacada no "Guinness Book".

Poucos meses depois do lançamento do disco, a faixa-título foi parar no primeiro clipe de 14 minutos da história da música. Esnobe (e milionário) como nunca, Michael, com um orçamento de mais de meio milhão de dólares, chamou o diretor de Hollywood, John Landis ("Um Lobisomem Americano em Londres"). O diretor ampliou em alguns decibéis o sucesso de "Thriller" com uma caricatura dos filmes de zumbi que pipocavam na época.

A MTV também virou de cabeça para baixo. Michael foi o primeiro negro a ter destaque no canal. “Para atender a demanda, ia ao ar duas vezes por hora”, conta a jornalista de música Gerry Kiernan, no recém-lançado "1001 Músicas Para Ouvir Antes de Morrer" (Editora Sextante).

Não deu outra, o clipe foi classificado pelo Guinness como o de maior sucesso de todos os tempos. “O casamento do tema pegajoso com efeitos kitsch era coroado com um rap do veterano dos filmes de horror Vincent Price”, acrescenta a jornalista.

Infelizmente, não muito depois, o artista entrou numa montanha-russa de problemas, com processos por acusação de abuso infantil e polêmicas devido às transformações na aparência, imbróglios que se estenderam até a morte polêmica e controversa, em 2009.

Por Carlos Minuano
Do UOL, em São Paulo

Equipe Dee Jay David no Halloween CCAA!!!




Fotos: Anderson Oliveira (Blog do Anderson)

Dee Jay David e equipe – Lançamento do Toyota Etios na Diamantina Veiculos!!!






Fotos: Anderson Oliveira (Blog do Anderson)

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Maria Rita lança CD com músicas de Elis Regina


Grávida de seu segundo filho, a cantora Maria Rita vai se afastar dos palcos temporariamente, a partir de novembro, para se dedicar à maternidade. Mas, antes de fazer a pausa, ela lança, em CD e DVD, o registro do show “Redescobrir”, em que ela – finalmente – canta o repertório da mãe, Elis Regina.

Durante o evento de divulgação do novo trabalho, realizado em São Paulo nesta segunda-feira (29), Maria Rita contou ao UOL que só resolveu gravar as músicas da mãe porque teve muitos pedidos de fãs, principalmente pelas redes sociais.

“A reação do público me arrebatou”, disse, referindo-se aos primeiros cinco shows, que ocorreram dentro do projeto Nivea Viva Elis, que relembrou os 30 anos da morte da cantora, no começo de 2012.

O projeto virou uma turnê que percorreu o país ao longo do ano, mas a decisão de cantar as músicas de Elis Regina não veio de maneira fácil. Segundo Maria Rita, ela sentia uma “insegurança descabida” de revisitar a obra da mãe.

“Por muito tempo, achei que se fizesse isso, minha carreira iria ter um ponto final. Que as pessoas iam dizer que ocupei o posto da minha mãe e eu nunca mais conseguiria lançar um disco meu”, revelou.

Apesar de ainda não ter visto o resultado final do DVD, gravado no Credicard Hall, em São Paulo, Maria Rita revelou que o medo das comparações com Elis “se dissipou”. Segundo ela, só foi possível realizar o projeto com as músicas da mãe depois que ela foi convencida da solidez de sua carreira pelo irmão João Marcello Bôscoli.

Questionada se se considera uma cantora tão boa quanto Elis, Maria Rita enalteceu a voz da mãe. “A dela tem um brilho muito maior”, comentou, revelando que teve dificuldades para interpretar músicas como “Arrastão” e “Como Nossos Pais”. “Não sou tão cara de pau assim, mas é para isso que existe ensaio, né?”, brincou.

A emoção de cantar as músicas da mãe foi outro empecilho para que Maria Rita admitisse fazer o projeto. Apesar de não ter lembranças de Elis, que morreu em 1982 quando Maria tinha cinco anos, a cantora sente uma conexão muito forte  com a mãe quando canta “Essa Mulher” e “Se eu Quiser Falar com Deus”. Nessa última, ela costuma se emocionar durante os shows. “Na gravação do DVD, eu chorei menos, porque sabia que tinha 18 câmeras me filmando”.

Inicialmente, o repertório de “Redescobrir” tinha 65 músicas selecionadas por Maria Rita. Dessa primeira seleção, foram escolhidas 28 para o CD e o DVD. Durante o resgate da obra de Elis, Maria se deparou com novas maneiras de olhar as canções. “‘Águas de Março’ é uma música muito conhecida, mas quando eu peguei a letra dessa vez, eu consegui enxergá-la de uma outra maneira”, contou.

A cantora, que também assina a produção musical do show, destaca que tentou deixar os arranjos das músicas o mais próximos possível das versões originais. “Eu me coloquei no lugar dos fãs. Se eu mexesse muito, poderia levar um tomate na cara”.

A única canção que Maria Rita fez questão de deixar de fora foi “Aos Nossos Filhos”. “Não tenho condições de ouvir a música, é um pedido de desculpas dela (Elis) para os filhos. Ouvir sua mãe pedindo perdão é muito difícil”.

Mesmo tendo gostado da turnê, Maria Rita contou que não pretende incluir músicas de Elis em seus próximos shows. “Só se o repertório tiver a ver, mas não me vejo fazendo isso”. Por outro lado, a cantora, recém-contratada pela gravadora Universal, admitiu que pode, futuramente, montar uma nova apresentação com as músicas da mãe que ficaram de fora de “Redescobrir”.

Para sua volta aos palcos, Maria conta que já tem três projetos prontos em sua cabeça. Um deles inclui revisitar a obra de Caetano Veloso, que não teve uma música inclusa em “Redescobrir”. Ressentida por ter deixado o músico de fora, ela diz que gostaria de cantar algo de Veloso para homenagear a “amizade conturbada” dele com Elis.

As versões em CD duplo e DVD de “Redescobrir” chegam às lojas no dia 6 de novembro. A tiragem inicial de cada produto é de 80 mil exemplares.

Foto: Divulgação
Por Natália Guaratto do UOL, em São Paulo

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Depeche Mode fará turnê mundial em 2013 depois de lançar novo disco de inéditas


Depeche Mode revelou nesta terça-feira (23) que vai embarcar em uma turnê mundial em 2013, segundo o site da revista “THR”.

Estes serão os primeiros shows ao vivo do grupo desde "Tour of the Universe”, que aconteceu entre 2009 e 2010, que vendeu mais de 2,5 milhões de ingressos.

A turnê terá início no dia 7 de maio no Haraykon Park de Tel Aviv, em Israel, depois do lançamento do novo álbum de inéditas do Depeche Mode, que será uma espécie de continuação de "Sounds of the Universe" (2009). A banda fará 34 shows em 25 países europeus.

Algumas datas da turnê já estão confirmadas: na O2 Arena  de Londres em 28 de maio; Olympic Stadium de Berlim no dia 9 de junho; no Stade de France em Paris no dia 15 de junho; no Locomotive Stadium de Moscou em 22 de junho; e no Olympic Stadium de Roma em 20 de julho.

Dave Gahan, Martin Gore e Andy Fletcher vão encerrar os shows pela Europa no dia 29 de julho em Minsk, na Bielorrússia, antes de viajarem para a América do Norte.

A pré-venda estará disponível no site oficial da banda.

Com mais de 75 milhões de cópias vendidas, o Depeche Mode aparece como uma das principais bandas de música eletrônica de mundo, sendo, inclusive, uma das primeiras a usar sintetizadores.

Foto: AFP PHOTO DDP / AXEL SCHMIDT
Fonte: UOL

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

D.J. David e Equipe no casamento de Tháis & Thalles em Livramento - BA



No último sábado (13), D.J. David e Equipe esteve presente no casamento de Thaís & Thalles na cidade de Livramento - BA, uma festa linda onde o astral dos noivos contagiou todos os convidados. a recepção aconteceu no Clube de Campo Caiçara.
Confira alguns momentos:


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Michel Teló divulga clipe “Pra Ser Perfeito”


Michel Teló divulgou o clipe da música Pra Ser Perfeito. A faixa mostra o lado romântico do cantor e faz parte do último DVD dele, Na Balada. O vídeo mostra imagens de shows e bastidores da turnê do sertanejo.

Recentemente, Michel Teló lançou a música Parapapá em parceria com o grupo de pagode Sorriso Maroto. A faixa é destaque aqui na programação da Transamérica e fará parte da trilha sonora da novela Salve Jorge, que estreia na próxima segunda-feira (22) na Rede Globo.

Veja abaixo o clipe de Pra Ser Perfeito:



Fonte: Transanet

Bruce Springsteen, Metallica e Iron Maiden são confirmados no Rock in Rio 2013


Bruce Springsteen, Metallica e Iron Maiden são atrações confirmadas na edição 2013 do festival Rock in Rio, no Rio de Janeiro. As três atrações encabeçam a programação do evento, marcado para os dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro, na Cidade do Rock, zona oeste do Rio.

O anúncio foi feito pela organização do Rock in Rio nesta terça (16) em uma entrevista coletiva realizada no Corcovado, ponto turístico do Rio, ao som da OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira) e da bateria da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel - o festival será tema do próximo carnaval da agremiação.

Entre outras atrações confirmadas estão George Benson e Ivan Lins no Palco Sunset, e Sepultura e Tambours du Bronx na noite dedicada ao metal. AC/DC, Beyoncé, Adele e Radiohead chegaram a ser sondados pela organização.

O Rock in Rio Card, que vale para qualquer dia do festival, começa a ser vendido no dia 30 de outubro pelo site oficial do evento, www.rockinrio.com.br, e custa R$ 130 (meia-entrada) e R$ 260 (inteira).

A venda será limitada a quatro cartões por pessoa, sendo uma meia-entrada. Com o cartão, o comprador pode escolher, entre 1º de fevereiro e 1º de abril de 2013, o dia do festival em que vai utilizar suas entradas, antes da venda do restante dos ingressos ao público geral.

Em 2011, os ingressos antecipados se esgotaram em apenas 21 dias. A última edição do Rock in Rio no Brasil aconteceu entre os dias 23 de setembro e 2 de outubro de 2011 e teve shows de Red Hot Chili Peppers, Coldplay, Rihanna, Katy Perry, Elton John, Shakira, Metallica, Motörhead e Guns N' Roses.

Além do Rio, as cidades de Madri (Espanha) e Lisboa (Portugal) já receberam edições do Rock in Rio. A próxima cidade a acolher o festival será Buenos Aires (Argentina), em 2014.

Foto: Getty Images/Getty Images/Shin Shikuma/UOL
Fonte: Uol

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Psy promete fazer 'Gangnam style' sem camisa caso hit alcance 1º lugar

O cantor sul-coreano gordinho que tornou-se um fenômeno pop, liderando os downloads no iTunes da Apple e recebendo 270 milhões de visualizações no YouTube, prometeu apresentar o seu sucesso "Gangnam style" sem blusa se alcançar o primeiro lugar das paradas.

O rapper que faz a "dança cavalo" batendo os pés e atende pelo nome de Psy voltou nesta terça-feira (25) ao subúrbio de luxo de Seul que ele colocou no mapa da música mundial. "Se ficar em primeiro lugar na Billboard, então eu vou apresentar o 'Gangnam style' sem blusa em um lugar onde todos possam assistir", afirmou Psy durante entrevista coletiva, em seu retorno dos Estados Unidos.

Gangnam é o bairro mais sofisticado da capital sul-coreana. Conhecido como a "Beverly Hills" de Seul, com ruas alinhadas com lojas de estilistas de marca e bares e restaurantes da moda.

Psy, que resume seu estilo como "vestido com classe, e dançando de forma brega", tornou-se um sucesso surpresa nos Estados Unidos, onde foi festejado em programas de entrevista e fechou um contrato com a Island Records.

O rapper, cujo nome verdadeiro é Park Jai-sang, sempre se destacou por sua esquisitice em comparação com os esbeltos e bem arrumados integrantes das bandas de garotos e garotas sul-coreanas que foram alçados à fama na Ásia e além.

Depois de ganhar reconhecimento com um álbum de estreia em 2001, ele se meteu em várias confusões. Ele diz que foi pego fumando maconha e teve que repetir o serviço militar obrigatório depois de não ter levado a sério na primeira vez.

O cantor, de 34 anos, de idade foi criado em Gangnam e foi para a Berklee College of Music, nos Estados Unidos. Ele desistiu de uma escola de negócios nos EUA, que seus tradicionais pais esperavam que iria prepará-lo para assumir os negócios da família. Referindo-se a sua imagem, ele disse: "Honestamente, eu gosto de ser de 'segunda classe' ... Eu nasci na classe 'B'".

Seu hit, lançado em meados de julho, foi criado para ser divertido, disse. Fazendo um pouco de sua dança "montando o cavalo", Psy declarou em inglês que seu objetivo era "divertir-se pela música".


Fonte: Reuters / G1
Foto: Kim Hong-Ji/Reuters


Dee Jay David e equipe: Casamento de Jaqueline e Marcelo no SENAC

O evento aconteceu no sábado dia 22 de setembro e mais uma vez Dee Jay David e equipe agitou e recebeu elogios dos noivos e convidados.


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Apresentadora, cantora e vencedora, Ivete se destaca no Prêmio Multishow


Em um Prêmio Multishow disputado, sem grandes vencedores, Ivete Sangalo foi quem mais brilhou. A baiana jogou nas 11. Além de apresentadora ao lado do comediante Paulo Gustavo, foi escolhida como “melhor cantora” no voto popular – “Isso é armação”, brincou -, e ainda fez o último número musical da noite, ao lado dos Filhos de Jorge, encerrando com "Festa" - uma deixa para a continuação do evento madrugada adentro. Entre os premiados da noite desta terça-feira (18), na HSBC Arena, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, destaque para Cícero e Michel Teló, os únicos que ganharam dois cada um.

A cerimônia começou às 22h30, 45 minutos depois do previsto, com os apresentadores Paulo Gustavo e Ivete cantando “No tabuleiro da baiana”, de Ari Barroso. A canção foi interrompida pelas primeiras piadas, antes do anúncio do apresentação do Capital Inicial com os Selvagens À Procura da Lei.

O número foi o primeiro de 10, todos com nomes em alta no cenário nacional dividindo o palco com caras novas. Gaby Amarantos foi a segunda a entrar, e cantou com Felipe Cordeiro e Lia Sophia, em uma homenagem ao Norte do Brasil. No repertório, claro, “Ex mail ove”, de “Cheias de charme”, que logo ganhou na categoria “novo hit”. Lia cantou “Ai menina”, dela, e Felipe, “Ela tá no ar”, parceria com Gaby.

Dividida em três modalidades de votação, a premiação começou com as cinco categorias eleitas pelo júri especializado, seguidas das sete da votação popular e das três do superjúri, composto por 11 pessoas, que definiu ao vivo três prêmios finais.

VOTAÇÃO DO JÚRI ESPECIALIZADO:

Versão do ano - "Conversa de botas batidas" (Cícero)
Clipe - "66" (O Terno)
Projeto paralelo – Agridoce (Pitty e Martin)
Novo hit - "Ex Mai Love" (Gaby Amarantos)
Música compartilhada - "Canções de Apartamento" (Cícero)

VOTAÇÃO POPULAR:
Melhor show - Paula Fernandes
Melhor grupo - NX Zero
Experimente - Banda Tereza
Melhor música - “Problemas” (Ana Carolina)
Melhor cantora - Ivete Sangalo
Melhor cantor - Thiaguinho
Música chiclete - “Ai se eu te pego” (Michel Teló)

CATEGORIA MAIS MAIS: Michel Teló

VOTAÇÃO DO SUPER JÚRI:
Melhor show - "Recanto" (Gal Costa)
Melhor disco - "Tudo tanto" (Tulipa Ruiz)
Artista revelação - Gang do Eletro

Por José Raphael Berrêdo Do G1, no Rio
Foto: Alexandre Durão/G1

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

29ª Expo Music - Feira Internacional da Música


D.J. David representa a David Party na Feira Internacional da Música. confira alguns registros do primeiro dia de participação.


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

29 ° Expo Music 2012 (Expo Center Norte – São Paulo Capital)


Data: 19 a 23/09/2012
Dia: segunda a Sabado
Hora: 19 a 22 – das 13 às 21 horas – 23 – das 11 às 19 h
local: Rua José Bernardo Pinto, 333 Vila Guilherme, CEP 02055-000 São Paulo – SP – Brasil
Info: (11) 2226-3100

Dias 19 e 20 – restritos a profissionais do setor com credencial ou convite.

Dias 21 a 23 – aberto ao público mediante compra de ingresso. Entram sem pagar nesses dias somente Compradores, Músicos e Representantes Comerciais do setor com credencial. Crianças com idade até 12 anos, maiores de 60 anos e deficientes físicos têm acesso gratuito.

A Feira

A contagem regressiva para a maior feira de música da América Latina já começou. E você não pode perder! Expomusic é o grande momento do segmento musical. Aqui, quando músicos, técnicos, amantes da música e profissionais reciclam seus conhecimentos e conceitos, encontram todo o mercado, se atualizam com os lançamentos e produtos das grandes marcas de instrumentos, de áudio, de iluminação e de acessórios. O evento mais esperado pela galera do som está chegando. Expomusic. Quem tem atitude vai. Nós vamos. E você?

Nosso D.J. David participa da feira representando a equipe David Party em busca de novidades e lançamentos de novos equipamentos para animar ainda mais a sua festa ou evento em Vitória da Conquista e região. aguarde!

Expomusic dá o Play nos negócios do setor nesta quarta (19)


Edição deste ano contará com 200 expositores e uma gama de novidades que vão desde instrumentos musicais até estrutura para palcos.

Maior evento do gênero na América Latina, a Expomusic 2012 – 29ª Feira Internacional da Música, Instrumentos Musicais, Áudio, Iluminação e Acessórios acontece de 19 a 23 de setembro no Expo Center Norte, em São Paulo, com promoção da Abemúsica – Associação Brasileira da Música e Francal Feiras.

A Lighting Week Brasil - Feira Internacional de Iluminação Profissional, é o grande encontro do mercado de iluminação dirigido para Lighting Show, Iluminação Arquitetural, Iluminação Cênica, Iluminação Decorativa e Residencial.

Realizada pela ABRIP - Associação Brasileira de Iluminação Profissional em parceria com a Francal Feiras, a 3a. edição da Lighting Week Brasil  reúne todo o mercado entre fabricantes e importadores, representando cerca de 50 marcas mundiais. A feira é voltada para profissionais de iluminação, arquitetos, decoradores, light designers, Escolas de Samba, produtores de shows e técnicos em iluminação.

Desde sua primeira edição em 2010, a Lighting Week Brasil coleciona um enorme sucesso e vem superando as expectativas dos organizadores em visitação, em negócios realizados e em lançamentos significativos para o mercado de iluminação brasileiro.

A feira reúne 200 expositores de instrumentos musicais, acessórios, som profissional e iluminação, que apresentam as últimas novidades do segmento, além de extensa agenda de shows, workshops e sessões de autógrafos com músicos renomados.

A programação musical oficial da feira acontece no Music Hall, espaço desenvolvido com o objetivo de abrir um canal para músicos de todos os estilos e de todo o País. São apresentações de bandas, orquestras, instrumentistas, cantores e alunos de escolas de música de hora em hora, com estilos que vão do heavy metal ao erudito. Nos estandes, os visitantes podem acompanhar uma ampla grade de atrações.

Na Expomusic, lojistas, músicos, profissionais do setor e público em geral têm acesso também a novos softwares, sofisticados afinadores de instrumentos, fones de ouvido com cabos removíveis e pedais desenvolvidos com alta tecnologia, além de inovadores produtos para limpeza, manutenção e proteção de instrumentos musicais.

Fonte:  Primeira Página