Rubenildo Metal: Coletânea dos Beatles é lançada com prefácio escrito por Dave Grohl

Coletânea dos Beatles é lançada com prefácio escrito por Dave Grohl

Uma coletânea da banda Beatles, exclusiva para a loja virtual iTunes, foi lançada na última terça-feira (24). A compilação “Tomorrow Never Knows” reúne 14 das “músicas de rock mais poderosas” do quarteto de Liverpool, como “Paperback Writer“, “Back In The U.S.S.R.” e “Helter Skelter”
Para acompanhar o lançamento, o vocalista do Foo Fighters, Dave Grohl, escreveu um prefácio em que comenta sobre a influência do ‘Fab Four’ em sua vida e carreira. Confira o texto de Dave, na íntegra:
“Se não fosse pelos Beatles, eu não seria um músico. Simplesmente isso. Desde muito jovem, eu ficava fascinado com as músicas deles e, com o passar dos anos, eu mergulhei profundamente no trabalho deles. No balanço e no gingado. Na graça e na beleza. Na escuridão e na luz. Os Beatles pareciam capazes de captar qualquer coisa. Eles não tinham limites e naquela liberdade pareciam definir o que hoje conhecemos como ‘Rock and Roll”.
Recentemente, eu mostrei para minha filha de seis anos, Violet, o brilhante filme ‘Yello Submarine’. Foi a introdução dela aos Beatles e ela instantaneamente compartilhou da mesma fascinação que eu senti quando tinha a idade dela e estava descobrindo os Beatles pela primeira vez. Ela queria saber o nome deles, quais instrumentos tocavam, quem cantava cada música, etc etc etc… Isso me deixou incrivelmente feliz (e orgulhoso!). Em poucos dias ela já sabia os versos e refrões de todas as músicas do disco. Mas teve uma música que foi especial para ela…
‘Hey Bulldog‘ não é um dos maiores sucessos dos Beatles. É o tipo de música que as pessoas normalmente chamam de ‘lado B’. Mas é o rock mais típico e essencial dos Beatles. A linha de baixo, a bateria característica de Ringo, a guitarra áspera e distorcida e aquele som que somente o fundo da garganta de Lennon conseguia produzir. Ela ressona, balança, chacoalha sua cabeça e faz seus quadris remexerem. Quando Lennon canta ‘if you’re lonely you can talk to me’, aquilo acalma seu coração, como se você finalmente tivesse descoberto algo para acreditar. É tão cru e real. É um rock and roll 100% atemporal…
De uma geração para outra, os Beatles serão mantidos como a banda de rock mais importante de todos os tempos.
Pergunte a Violet.”