Rubenildo Metal: Filmes completos no Youtube não incomodam estúdios?

Filmes completos no Youtube não incomodam estúdios?

Você sabia que o filme "Tropa de Elite 1" está no Youtube desde o dia 4 de novembro de 2011 e nada foi feito pelos responsáveis pela película? A sequência, Tropa de Elite 2, também está "em cartaz" no site de vídeos do Google. Desde julho de 2012. Pois é, e o jornal Wall Street Journal de hoje alerta para esta tendência. Filmes completos e enviados ilegalmente estão aparecendo em peso no YouTube, e os estúdios não estão fazendo nada a respeito.
 
Segundo o jornal, a maioria dos filmes é dos estúdios Walt Disney, Columbia e Tristar. "Tropa de Elite" é da Universal.
 
O periódico ressalta que, no final de 2007, o Google lançou a ferramenta Content ID, que ajuda a identificar material protegido por direitos autorais. Dessa forma, os proprietários de conteúdo podem evitar que ele apareça no YouTube, ou limitá-lo a determinados países.
 
Ainda segundo o jornal, mais cedo ou mais tarde isso irá acabar. Até mesmo serviços como Netflix (pago) são afetados pela postagem de filmes no Youtube (gratuito). Na imagem abaixo, por exemplo, é possível perceber, ironicamente, o anúncio do Netflix ao do filme Tropa de Elite.