sexta-feira, 22 de março de 2013

Yoko Ono protesta contra armas com foto dos óculos de Lennon ensanguentados


Na última quarta-feira (20), data que marca 44 anos do casamento de Yoko Ono e John Lennon, a viúva do ex-Beatle usou seu Twitter para pedir maior controle no uso de armas de fogo nos Estados Unidos.

Yoko publicou uma foto dos óculos de Lennon ensaguentados junto com uma série de três mensagens. "Mais de 1.057.000 pessoas foram mortas por armas nos Estados Unidos desde que John Lennon foi baleado e morto em 8 de dezembro de 1980", escreveu.

"31,537 pessoas são mortas por armas nos Estados Unidos todos os dias. Nós estamos transformando esse lindo país em uma zona de guerra", diz a segunda mensagem.

O terceiro post de Yoko diz: "Juntos, vamos fazer a América voltar a ser uma terra de paz. A morte de um ente querido é experiência que esvazia. Após 33 anos nosso filho Sean e eu ainda sentimos saudades".

A foto
A  imagem divulgada por Yoko em seu Facebook é um recorte de uma foto tirada por ela ao receber da polícia os pertences do marido, logo após Lennon ter sido assassinado por Mark Chapman do lado de fora do Edifício Dakota, em Manhattan, em 1980, aos 40 anos. Fã de Beatles, Chapman foi condenado à prisão perpétua.

A imagem original mostra os óculos de Lennon cobertos de sangue ao lado de um copo d'água. Ao fundo, é possível ver a paisagem de Nova York, a partir da janela do apartamento do casal.

Seis cópias da imagem foram feitas em 1994. Yoko Ono presenteou amigos com quatro cópias e guardou uma delas, que mais tarde foi usada na capa de seu disco "Seasons of Glass". 

Fonte: UOL

Nenhum comentário: